Edição 206 – 13/11/2017

Ato de Mobilização Nacional: pelo país, servidores protestam contra suspensão de reajustes e aumento de contribuição previdenciária


Na última sexta-feira, 10 de novembro, por todo o país, o corpo funcional do Banco Central do Brasil mostrou disposição à luta e somou forças a diversas outras carreiras em um grande grito unificado contra o desmanche do serviço público em curso. Desta vez, a mobilização nacional teve como estopim e bandeira central o enfrentamento à Medida Provisória (MP)805/2017, que adia reajustes previstos em lei e eleva a alíquota de contribuição previdenciária.

206

Nas regionais de Belém, Rio de Janeiro e Salvador, os servidores, além de atenderem ao chamado do Sinal à porta do edifício-sede do BCB, encorparam, ainda, manifestações pelas ruas das cidades. Em Brasília, entidades que integram o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) e o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) promoveram ato em frente ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP).

Veja, a seguir, vídeo em que lideranças do Fonacate falam a respeito da batalha contra as medidas de arrocho promovidas pelo governo sobre a categoria.

nao_MP805_17

Durante a atividade na capital federal, em entrevista ao Blog do Servidor, do Correio Braziliense, o presidente nacional do Sinal, Jordan Alisson, condenou a forma com a qual o governo vem conduzindo a política de ajustes na economia. “Todos nós achamos que é necessário um ajuste nas contas públicas, mas não dessa forma, demonizando o servidor. O que o governo fez foi um retrocesso”, argumentou.

O Sinal ressalta a importância das ações promovidas na última na última semana, bem como reforça que o êxito do movimento depende da continuidade e recrudescimento da mobilização. Mantenha-se atento e pronto a agir. Somente com sua participação conseguiremos barrar os intentos do governo federal sobre nós e sobre toda a sociedade.

Destruir o serviço público é atacar o cidadão!

Edições Anteriores RSS
5ª feira, 23 de novembro de 2017
shadow