Edição 29 – 09/02/2018

Luta contra reforma da Previdência dá o tom à maior festa popular do país


Dizem que o feriado de carnaval é um período marcado pela interrupção de todas as atividades no Brasil. Alguns ainda ousam afirmar que o país só começa a funcionar depois desta data. Porém este ano, o movimento organizado dos servidores públicos, que já encampa diversas ações de enfretamento à reforma da Previdência desde os primeiros dias de 2018, vai pôr o bloco na rua e o enredo é a defesa de direitos sociais.

Em diferentes regiões, as marchinhas “Quem votar não volta” e “Não vá mexer na nossa Previdência” embalarão foliões na maior festa popular nacional. A luta da categoria vai pautar blocos carnavalescos, deixando claro aos parlamentares que a resistência não dá folga e que aqueles que votarem a favor do fim das aposentadorias não terão vida fácil nas eleições deste ano. Veículos da imprensa têm dado destaque ao assunto. Veja aqui repercussão desta quinta-feira, 8 de fevereiro, no portal de notícias UOL.

Confira as canções abaixo, ou ouça na Rádio Sinal. Adentre o carnaval com a mobilização na ponta da língua e dos pés. Bom feriado. A luta continua!

marchinha_vota_mais_nao_volta marchinha_nao_va_mexer_previdencia

Edições Anteriores RSS
Domingo, 18 de fevereiro de 2018
shadow