Edição 0 - 19/03/2003

Boletim de 19/03/2003

ELEI€ÇO PARA O COMITÒ GESTOR DO PASBC – Na elei‡Æo realizada em 17/03, o funcionalismo do Banco Central elegeu o colega Paulo Tsutomu Oda (Desup/GTSP1) para o Comitˆ Gestor do PASBC. O SINAL/SP, ao tempo em que parabeniza o colega pela brilhante campanha e pela vota‡Æo obtida, coloca … sua disposi‡Æo a estrutura do sindicato, de modo a proporcionar-lhe as melhores condi‡äes poss¡veis para uma boa atua‡Æo na  rdua tarefa que ter  pela frente. —————————————————————————————————————–
ELEI€åES PARA OS CONSELHOS REGIONAL E FISCAL DO SINAL-SP – GESTÇO 2003-2005 – Segundo o Regimento Eleitoral aprovado na assembl‚ia realizada pelo SINAL-SP, em 14/3/2003, a concorrˆncia …s elei‡äes do SINAL ser  feita na forma abaixo: (a) CONSELHO REGIONAL: mediante chapa, com o m¡nimo de 5 (cinco) integrantes efetivos e qualquer n£mero de suplentes; (b) CONSELHO FISCAL: atrav‚s de inscri‡Æo individual, para preenchimento de 3 (trˆs) vagas. EIS O CALENDµRIO APROVADO: Prazo para inscri‡Æo de candidaturas: at‚ 25/03/2003; Prazo para divulga‡Æo das candidaturas: 26/03/2003; Prazo para impugna‡Æo das candidaturas: 27/03/2003 e 28/03/2003; Prazo para homologa‡Æo das candidaturas: 31/03/2003; Data para elei‡Æo, apura‡Æo dos votos e proclama‡Æo dos vencedores do 1o. turno: 14/04/2003. A vota‡Æo ser  realizada no hor rio de 8h30 …s 16h30 e a apura‡Æo ter  in¡cio …s 17h. SE NECESSµRIO 2§ TURNO: Data da divulga‡Æo das 2 (duas) chapas concorrentes: 14/04/2003; Data da elei‡Æo, apura‡Æo dos votos e proclama‡Æo da chapa vencedora – 2o. turno: 22/04/2003; Data da posse da chapa eleita: 02/05/2003. SÇO ESTES OS MEMBROS DA COMISSÇO ELEITORAL: CRISTIANA KUNIKA NAKAZAWA (adspa/cristian – tel. 3491- 6445), LUIZ CESAR FUJITA (mecir/fujita – tel. 3491- 6676), MAURICIO SCAF (mecir/scaf – tel. 3491-6507). ————————————————————————————————————————————————ELEI€åES PARA O SINAL-SP – Na £ltima assembl‚ia ficou definida a data limite de 25/03/2003 (ter‡a-feira da pr¢xima semana) para a inscri‡Æo de candidaturas para o Conselho Regional e para o Conselho Fiscal do SINAL/SP. As elei‡äes serÆo realizadas no dia 14 de abril! Lembramos que o SINAL completar , em outubro deste ano, 15 anos de existˆncia, gra‡as … dedica‡Æo de abnegados colegas que se dedicam a defender nossos interesses enquanto profissionais e cidadÆos. Sabemos como ‚ dif¡cil este momento na vida sindical. A retomada do Plano de Cargos e Sal rios – PCS em uma nova ¢tica de governo, os problemas da reforma previdenci ria, a independˆncia do Banco Central, e toda nossa pauta jur¡dica, exigem uma participa‡Æo ativa do funcionalismo. Nada conseguiremos sem mobiliza‡Æo. Vimos o exemplo do pessoal da Receita Federal e outros que, gra‡as … mobiliza‡Æo organizada e insistente, tiveram recente ˆxito em suas reivindica‡äes salariais, conseguindo um PCS digno. Para a supera‡Æo das dificuldades ‚ imprescind¡vel que, al‚m de novas id‚ias (sempre bem-vindas!), tenhamos uma maior participa‡Æo dos interessados. O “Boca” ‚ o ampliador da sua voz, para propostas, cr¡ticas, conclama‡äes. Divulgue aqui a sua id‚ia! ———————————————————————————————————————–PREVIDÒNCIA: ENTRE AS MAZELAS VIGENTES E A PROPOSTA VINDOURA – No £ltimo s bado (15/03), em grande evento promovido por 21 entidades representativas de servidores p£blicos federais, estaduais e municipais, foi realizado o lan‡amento do “F¢rum Paulista em Defesa da Previdˆncia Social”. Mais de 600 pessoas compareceram, representando cerca de 60 entidades. Os servidores p£blicos querem contribuir nessa discussÆo, nÆo s¢ porque nÆo concordam com a acusa‡Æo de serem os respons veis pela crise alardeada, mas tamb‚m por entenderem que a Previdˆncia Social precisa nÆo de remendos ditados pela perversa l¢gica dos mercados, mas de uma verdadeira reforma que permita a inclusÆo de milhäes de brasileiros hoje exclu¡dos da rede de prote‡Æo da Seguridade Social. Al‚m de conhecerem os problemas e as qualidades da m quina administrativa, os servidores p£blicos estÆo amparados por c lculos confi veis, atrav‚s dos quais especialistas da maior competˆncia apresentam dados e n£meros que contestam a visÆo catastrofista divulgada na m¡dia e demonstram que as reformas que os governos anteriores tentaram implementar – e que o atual governo parece querer copiar -, al‚m de nÆo solucionarem as distor‡äes existentes, acarretariam, mediante a utiliza‡Æo da velha pr tica de nivelar por baixo, o aprofundamento do desmonte do servi‡o p£blico, trazendo grandes preju¡zos para a qualidade dos j  insuficientes servi‡os prestados … sociedade brasileira. Assim, os servidores p£blicos entendem que a reforma da previdˆncia deve ser resultante de ampla discussÆo nacional, que nÆo pode prescindir de uma profunda auditoria que ofere‡a dados reais para o debate. Brevemente disponibilizaremos, no portal do SINAL, mais detalhes sobre o evento e as pr¢ximas atividades do F¢rum. / CLEIDE NAPOLEÇO (quesp/cleide)

Edições Anteriores RSS