Clique no título para ler as matérias na íntegra

Edição 060 - 08/09/2020

REFORMA ADMINISTRATIVA E AS BOAS INTENÇÕES

O Estado Brasileiro é um patrimônio de todos os brasileiros. Muitos não pensam assim. Apesar do discurso constante e fácil de modernização, eficiência e mesmo de valorização do Servidor, os seus objetivos estão focados na busca da redução do Estado como uma forma de oportunidade para ganhos políticos e econômicos.


Edição 059 - 24/08/2020

AS MENTIRAS DA REFORMA ADMINISTRATIVA

É dever de todo o Servidor combater o novo “linchamento moral” que se avizinha e que busca desmantelar o Setor Público por intermédio de meias-verdades junto com mentiras descaradas com claros objetivos políticos.


Edição 058 - 17/08/2020

APITO CARIOCA – PORQUE O BRASIL NÃO CONSEGUE FAZER UMA REFORMA ADMINISTRATIVA DE VERDADE?

No momento em que os analistas de economia da televisão do Mercado se retorcem nas cadeiras, praguejando contra o não envio da Reforma Administrativa do Governo ao Congresso Nacional, preconizando mais um Apocalipse das contas públicas, é inevitável nos perguntarmos: Porque a discussão desta e de outras questões referentes à Gestão Pública é tão distorcida no Brasil?


Edição 057 - 10/08/2020

O FIM DO PURGATÓRIO. BEM-VINDO AO INFERNO FISCAL!

Em Estados dito civilizados, consolidou-se a noção de que as liberdades civis e políticas garantidas pelo Estado não podem ser amplamente exercidas se este mesmo Estado não fornecer certas condições mínimas "existenciais", por assim dizer, como Saúde ou Educação.


Edição 056 - 04/08/2020

O OUTRO LADO DA MOEDA

Precisava ouvir os dois lados da questão a fim de evitar distorções na economia e causar prejuízos à sociedade brasileira no longo prazo, dissipando eventuais benefícios econômicos que a nota de R$ 200 pudesse propiciar.


Edição 055 - 27/07/2020

DE QUAL REFORMA TRIBUTÁRIA O BRASIL PRECISA?

Ninguém gosta ou quer pagar tributos, mas como em uma sociedade moderna esta obrigação é inescapável, chega a ser comovente ouvir os discursos mirabolantes formatados em linguagem técnica para explicar os “casos especiais” que merecem, se não uma isenção, pelo menos uma tarifa bem mais camarada.


Edição 054 - 23/07/2020

A VOLTA DO CANTO DA SEREIA

Empresas, Estados,  Municípios e pessoas físicas deviam na ocasião a incrível quantia de R$ 499 bilhões em créditos previdenciários à União (recursos suficientes para pagar duas vezes o déficit da Previdência). Segundo cálculos da Receita Federal, as isenções custariam à Previdência cerca de R$ 60 bilhões por ano (Fonte: BBC News Brasil, de 29.03.2019).


Edição 053 - 13/07/2020

DUAS PROPOSTAS PARA O BCB

Como de praxe, as soluções vêm em forma de pontos percentuais do PIB. Quem deveria pagar a conta: a eliminação de subsídios tributários e...os Servidores Públicos.


Edição 052 - 06/07/2020

O NOVO “NORMAL”, SÓ QUE ANORMAL!

A Pandemia tem agido como um catalisador de tendências. Se a natureza também faz Testes de Stress no sistema econômico, a restrição de contato próximo entre os indivíduos é de fato um teste e tanto. Talvez nenhum deles se assemelhe ao impacto do Teletrabalho.


Edição 051 - 02/07/2020

OS AMIGOS DO CORONAVÍRUS

Após a reunião ministerial de 22 de abril - um mês depois -, os dados do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) mostraram que o ministro escancarou a passagem da boiada, com um aumento de 55% no desmatamento no primeiro quadrimestre do ano em relação ao mesmo período de 2019.


<< Anterior | 1234567891011 | Próxima >>