Edição 446 - 18/05/2005

NOSSA DENÚNCIA NÃO SERÁ VAZIA, NEM EM VÃO!

NOSSA DENÚNCIA NÃO SERÁ VAZIA, NEM EM VÃO !

Mobilização em favor da Manutenção e Ampliação das CAP´s na Av. Paulista: Sucesso Total!

Ontem, 16/5/2005, às 11h, houve “concentração” em frente ao Banco Central, de onde funcionários do Bacen se dirigiram até a sede do Banco ABN Amro Real, na Av. Paulista, em frente ao qual organizaram uma mobilização contra a extinção das CAPs em seus moldes atuais. O objetivo do evento foi alertar a população, por meio de folheto explicativo, de que tal mudança nas CAPs se traduzirá em mais um prejuízo aos direitos do Consumidor Bancário. O evento terminou às 13h.

Inicialmente tímida, a mobilização ganhou corpo à medida que a receptividade dos transeuntes foi-se mostrando calorosa. Muitos pedestres não somente recebiam o panfleto explicativo sobre a intenção do Banco em “desmontar” as CAPs, como também nos interpelavam sobre o assunto, buscando colher mais informações. A reação geral era de mistura de indignação frente a mais uma perda de direitos, e de satisfação ao ver que a extinção das CAP´s está sendo duramente denunciada, rejeitada e combatida pelo SINAL.

O evento, respaldado por uma grande faixa, com os dizeres “EM FAVOR DA MANUTENÇÃO DAS CENTRAIS DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO DO BANCO CENTRAL”, e pela presença de uma simpática banda de música, recebeu ampla cobertura da mídia, que mais uma vez (Sábado último, dia 15/5/2005, uma nota da Folha de São Paulo – jornal de maior circulação no estado de São Paulo – registrou que a mudança das CAP´s implicará no direito do Consumidor Bancário em fazer “denúncia vazia”), mostrou-se simpática à posição do SINAL pela não-aceitação da extinção das Caps. As TVs Cultura e Bandeirantes e o jornal O Estado de São Paulo, entre outros, se  fizeram presentes no evento, dando-lhe a devida dimensão social.

O evento ganhou mais visibilidade na medida em que a panfletagem ocorreu em frente ao 2o banco mais reclamado, Banco ABN Amro Real. Entendemos que na condição de membros de um sindicato representante do Banco Central, a escolha de um banco específico é delicada, porém optamos assim por entender que a presença continuada no ranking dos bancos mais reclamados não tem sido incômodo suficiente para que se disponham a oferecer um melhor atendimento aos clientes. Como a  sede do 1o banco mais reclamado (Santander Banespa – posição em janeiro/05) situa-se em Santo Amaro, ponderamos que a mobilização na Av. Paulista teria maior chances de repercussão tanto junto à população quanto à imprensa.

O resultado foi extremamente profícuo. Dois mil folhetos foram distribuídos na avenida mais movimentada do país. Era o que queríamos. Num segundo momento, o Sinal irá convidar o funcionalismo para o debate e reflexão acerca da extinção das CAPs. É um trabalho árduo, lento, e que requer paciência, porém os resultados hão de ser frutíferos. Cumprimos nossa missão.

NÃO À EXTINÇÃO DAS CAPS!

Conselho Regional do SINAL-SP

++++++++++++++++++++++++++

ATO PÚBLICO POR REAJUSTE DE 18%

HOJE, QUARTA-FEIRA, 18/5/05, ÀS 14H

ATO PÚBLICO UNIFICADO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS DE SÃO PAULO POR REAJUSTE EMERGENCIAL DE 18%

Local: em frente ao prédio da Justiça Federal, esquina da Av. Paulista com a Rua Peixoto Gomide

Evento: Dia Nacional de Luta e Paralisação organizado pela CNESF – Coordenação Nacional das Entidades dos Servidores Federais, da qual o SINAL é participante como observador (não filiado). Em São Paulo, várias entidades de servidores públicos federais promovem este Ato Unificado – funcionários da área fiscal, previdenciária, de saúde, professores, dentre outros. Aguarda-se também a adesão de caravanas vindas do interior do Estado. Alguns desses órgãos de servidores já estão paralisados ou estão organizando um dia de paralisação. Trata-se de “marcar posição” neste dia 18, pois é a data-limite para a resposta do Governo às reivindicações gerais dos servidores públicos federais. Na hipótese de descaso por parte do Governo frente às tais demandas, algumas categorias já aprovaram em assembléias indicativo de greve a partir de junho, portanto….

A participação dos servidores do Banco Central no evento é importante. Compareça!

SINAL, perto de você!

Edições Anteriores RSS