Edição 463 - 14/09/2005

GOVERNO NÃO ATENDE O TELEFONE …

GOVERNO NÃO ATENDE O TELEFONE…

Até ontem à noite, véspera da reunião combinada entre os representantes da categoria e o Governo, o Secretário de R.H. do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – MPOG, Sérgio Mendonça, ainda não havia retornado a ligação do Presidente Nacional do SINAL, David Falcão, para confirmar o encontro. Na ocasião, o máximo que conseguimos foi contatar a secretária dele, que avisou que não haverá reunião nesta semana, mas somente no dia 22/09, pois Sérgio Mendonça ainda dependia da anuência dos Ministros……. O fato é que o tempo está passando, e se o Governo não tem tanta pressa no pronto atendimento à nossa pauta, nós temos, afinal, o custo de vida continua aumentando, apesar da propalada queda da inflação que não anima o próprio Governo a baixar os juros, que incrementam a despesa da União R$1,3 bilhão para cada 0,25% da Selic. Conclusão: a cada dia que passa, sobram mais dias no final de nossos salários, enquanto o Governo acha graça nisso tudo…

…Mas esse descaso acabou.

Demos uma chance ao Governo de se mostrar confiável e responsável. Infelizmente, foi feito pouco caso de nossas reivindicações, e agora, somos impelidos a tomar uma atitude mais drástica! O Governo já mostrou que NÃO QUER SABER DE NEGOCIAR, até porque negociação exige honestidade, caráter e palavra. Só nos resta recrudescer. Será fácil para nós, afinal estamos mobilizados em todo o Brasil, de Belém a Porto Alegre.

Portanto, o SINAL convoca Assembléia Geral Nacional (AGN) deliberativa, amanhã, dia 15/9, às 14h, para votarmos o indicativo de GREVE A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA QUE VEM, dia 19/09/05.

Não cabe iniciar o movimento antes, já que foi negociado com o Governo o prazo de até 16/09 para a realização da reunião de negociação salarial. Mesmo que saibamos que ele não tem palavra, nós a temos!

Colega, temos nos esforçado em buscar a ponderação, a conversa, o diálogo e a negociação. Do outro lado encontramos o descaso, a indiferença e o desrespeito.

Não se dispuseram, sequer, a retornar a nossa ligação. O que podemos esperar, no momento, da seqüência desta negociação?

Exigimos respeito. Recrudescer já! Greve já!  

>>><<<

Obs.: Este boletim, versão impressa, reproduziu no verso o Apito Brasil nº 92 de hoje, 14/9/05, disponível neste Portal.

SINAL, perto de você !

Edições Anteriores RSS