Clique no título para ler as matérias na íntegra

SinalBH informa 033/2017

O FIM DA MP 784

SinalBH informa 033 em 111017 O FIM DA MP 784 O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), abriu no início da tarde desta terça-feira, 10, sessão deliberativa extraordinária para apreciação da Medida Provisória 784, que trata do novo marco punitivo das instituições financeiras. Entretanto, o governo orientou a base aliada a não dar presença na votação da MP 784/17. Diante dos fatos, a possibilidade é de esgotamento do prazo da Medida Provisória na 5ª feira, já que precisaria estar votada na Câmara e no Senado. O Presidente da Câmara, no entanto, disse que não a recolocará em votação, enquanto não


SinalBH informa 032/2017

A DIRETORIA COLEGIADA CONTINUA ALHEIA ÀS PREOCUPAÇÕES DO FUNCIONALISMO

 SinalBH informa 032 em 041017 A DIRETORIA COLEGIADA CONTINUA ALHEIA ÀS PREOCUPAÇÕES DO FUNCIONALISMO O Presidente Illan não considerou o pedido de reunião com o SINAL reiterado na última sexta-feira, em São Paulo. Segundo seus assessores, ele já deu como atendida a agenda no encontro com os servidores, porém, sem anunciar qualquer ação concreta quanto ao pretendido pela categoria. APOIO PARLAMENTAR – Acesse na Edição 178, de 3.10.2017, do Apito Brasil, o Aplicativo Alô Parlamentar – uma ferramenta de luta neste momento decisivo, visto que o PLV29/2017, (MP 784/2017), pode ser apreciado ainda nesta semana pelo Plenário da Câmara. O


SinalBH informa 031/2017

CONGRESSISTAS SURPRESOS COM A MOBILIZAÇÃO NO BC

  SinalBH informa 031 em 021017   CONGRESSISTAS SURPRESOS COM A MOBILIZAÇÃO NO BC Na última quinta-feira, o SINAL providenciou transporte e material aos servidores que se dispuseram a atuar no apoio parlamentar; os diretores do SINAL suspenderam a agenda de reuniões e concentraram forças, junto com o grupo de servidores, no trabalho pela retomada da Emenda 51. No Congresso Nacional, busca-se junto aos líderes dos partidos um destaque de bancada e posterior acordo de líderes para que a emenda 51 retorne à MP e seja aprovada. Ainda precisamos construir uma ponte junto ao Executivo para evitar o veto posterior,


SinalBH informa 030/2017

ASSEMBLEIA EM BH DECRETA “ESTADO DE GREVE”

ASSEMBLEIA EM BH DECRETA “ESTADO DE GREVE” VIGÊNCIA DA MP SE ESGOTA EM 19.10 – A última semana foi marcada pela adesão de 132 colegas de BH na mobilização em apoio à Emenda 51 à MP 784, agora PLV 29. A matéria, mais do que a simples alteração de nomenclatura, dispõe sobre atribuições, prerrogativas funcionais necessárias ao desempenho das atividades e flexibilização da jornada de trabalho. Significa, neste momento, uma possibilidade de avanço na pauta emergencial dos servidores, com ênfase na valorização da carreira e no fortalecimento do Banco Central. É preciso mover a Administração do BC a fim de


SinalBH informa 029/2017

AMANHÃ 10 HORAS, NA PLATAFORMA, MOBILIZAÇÃO!

UM BANCO CENTRAL DO BRASIL, PARA O BRASIL. É HORA DE UNIR FORÇAS O angustiante clima organizacional jamais visto. A quem interessa o desajuste instalado na Autarquia Federal, importante pilar da economia brasileira, mergulhado numa profunda insatisfação do seu quadro funcional? Qual é o BC que a sua Diretoria deseja administrar?  Qual será o legado desta gestão para o Brasil? O BC tem nas suas gavetas um projeto BC MAIS que não se revelou. Uma convergência de fatores negativos contribui para um BC MENOS: Ø Não modernização da carreira de especialistas do BCB; Ø Desalinhamento salarial entre as Carreiras Típicas de Estado;


SinalBH informa 028/2017

O RECADO DE BH PARA A DIREÇÃO DO BC

O RECADO DE BH PARA A DIREÇÃO DO BC O Ato em BH contou com 95 servidores. Em pauta, a ausência de atuação da Diretoria Colegiada do BC nas causas do funcionalismo. O foco foi a valorização dos servidores e o fortalecimento do Banco Central. Ficou evidente a necessidade de retomada da pauta da Emenda 51, por conta do prazo de tramitação no Congresso Nacional. Com excelente participação, alguns colegas se posicionaram a respeito do esforço dos servidores para evitar maiores perdas com a restruturação da carreira de especialista, no cenário de ameaças que envolvem o Banco Central, cuja Diretoria


SinalBH informa 027/2017

A DIRETORIA DO BANCO CENTRAL DE COSTAS PARA A SUA CAUSA!?

A DIRETORIA DO BANCO CENTRAL DE COSTAS PARA A SUA CAUSA!? Mais uma vez, os servidores não tiveram apoio da Direção do BC em defesa da Casa. O fortalecimento do Banco Central e a valorização da Carreira de Especialista vem acumulando intensa pauta, numa luta solitária, porém, definitivamente oportuna e fundamental. Na última semana, destacou-se a inexplicável e persistente omissão dos interlocutores do governo na Instituição, de forma a evitar o “vício de origem” na defesa da Emenda 51, que propõe a mudança da nomenclatura do cargo para Auditor do Banco Central. Sem argumentos contrários, um Parlamentar, em discurso, sugeriu


SinalBH informa 026/2017

O QUE HÁ NA PROPOSTA DO MPOG COMUNICADA AOS SERVIDORES? O DESMONTE DO BANCO CENTRAL

O QUE HÁ NA PROPOSTA DO MPOG COMUNICADA AOS SERVIDORES? O DESMONTE DO BANCO CENTRAL As medidas (ou ajustes), são, na verdade, severos ataques aos servidores. Extintivas de direitos na relação jurídica do trabalho, elas ignoram o protocolo de acesso ao serviço público federal por mérito, a posse segundo o regime legal vigente, a qualificação e o treinamento de alto nível e elevado custo. Além de desestimularem novos ingressos com a desestruturação das carreiras, anunciam: A diminuição do salário com o aumento das contribuições do PASBC e da previdência, para ativos e aposentados; O calote da reposição parcial da inflação,


SinalBH informa 025/2017

O BC/BH MOSTROU-SE COERENTE COM A SERIEDADE DOS FATOS

SinalBH informa 025 em 310817 O BC/BH MOSTROU-SE COERENTE COM A SERIEDADE DOS FATOS Conforme decidido em AGN no dia 23, o ATO contra os ajustes fiscais que ameaçam os servidores transcorreu entre 14h e 16h, na plataforma do 1º. Andar, com ótima participação. Culminando com 107 (cento e sete) assinaturas na lista de presença, enquanto monitorava as notícias de Brasília e das demais Regionais, foram feitos informes (abaixo) e conduzida rápida participação no Ato Público das demais entidades. A Assembleia dispersou-se, certa de que os dias seguintes serão de intensificação da resistência. Alertamos aos colegas que a vitória somente


SinalBH informa 024/2017

ANTE UMA GRAVE AMEAÇA, OS SERVIDORES DO BANCO CENTRAL DECIDEM REAGIR!

ANTE UMA GRAVE AMEAÇA, OS SERVIDORES DO BANCO CENTRAL DECIDEM REAGIR! É gravíssimo o que se propõe no bojo do ajuste fiscal. Aparentemente, o objetivo é a depreciação dos serviços públicos e a desmoralização dos servidores. No que nos diz respeito, as medidas vão em franca colisão com os termos da MP 784, pois, desfiguram a carreira e promovem o enfraquecimento do Banco Central do Brasil com o comprometimento de sua Missão. Em contrapartida, a proposição da EC 51 à MP se junta aos avanços trazidos para o marco regulatório do SFN, tornando-se essencial para os objetivos institucionais, pois fortalece


<< Anterior | 123456789 1011121314151617181920 | Próxima >>