Edição 120 – 10/7/2017

PASBC: Prazo insuficiente e detalhes das despesas ainda não apresentados


pasbc_dest

O Chefe do Depes, Marcelo Cota, informou na última sexta-feira, 7 de julho, que o prazo para apresentação de sugestões, dúvidas e críticas às propostas de mudanças do Programa de Assistência à Saúde dos Servidores do Banco Central (PASBC) foi prorrogado até o próximo dia 28.

Dessa forma, o prazo total será de apenas nove semanas, ainda insuficiente no nosso entender, já que os Grupos de Trabalho instituídos para analisar e fazer propostas atuariais e de gestão sobre o Programa precisaram de doze semanas para concluir seus trabalhos.

O Sinal, que havia solicitado essa prorrogação, em ofício ao Diretor de Administração, Luiz Edson Feltrim, aguarda ainda os dados e informações relativos à gestão do PASBC, indispensáveis para uma análise mais apurada.

Reiteramos nosso entendimento de que somente após a fase de implantação e avaliação das novas políticas de gestão e desenvolvimento do PASBC é que se poderá medir a real situação financeira do Programa. Também nos colocamos, mais uma vez, à disposição para participar e contribuir com a discussão.

Edições Anteriores RSS
6ª feira, 22 de setembro de 2017
shadow