Recortes

    A manchete de O Globo, logo após o primeiro turno, dispensa comentários:O Ancelmo Góis perguntou na sua coluna de O Globo, se numa eleição hipotética, qual seria o primeiro ato de Zeca Pagodinho, caso fosse eleito presidente do Brasil? A pergunta foi feita a um amigo ao cantor. E Zeca: "Primeiro ato do presidente Zeca Pagodinho: renunciei!". É ou não uma questão que, como diria o Brizola, merece "profundas reflexões".Menino de rua entra num ônibus e anuncia que entre "pedir e roubar", preferetrabalhar imitando latido de cachorro. E aí passa a anunciar: – "Hall"s! Hall"s! Hall"s! Só custa real!" Historinha baceniana e 100% verdadeira: nos anos 70, toma posse na antiga Remec, hoje Deorf, um ingênuo e sonhador pernambucano que, desconhecedor dos atalhos do Rio de Janeiro, elege como seu guru, um servidor de conversa agradável, sorridente e de quem é impossível não se gostar logo de cara. Daí então que o ASA (Auxiliar de Serviços Administrativos, hoje Analista) cisma de comprar um terreno na Baixada Fluminense, em Austin, e consulta o guru que profetiza: "Rapaz, você tem uma visão incrível. Austin possui um potencial turístico só comparável ao da Barra da Tijuca". Meses depois, nova consulta: "O que você acha de eu construir uma casa no terreno?"- "Vai fundo! Pega um empréstimo em 30 anos! Os juros estão altos, mas vai que um governo de esquerda assuma o país? Os juros ficarão perto de zero!".Mais um tempo e o ASA antes de comprar uma moto, ouve o guru:"Boa idéia! A gente fica bebendo aqui até tarde e depois fica ruim ir paracasa. Com moto é rapidinho! Dia chuvoso, então… "Dias depois, de viagem marcada de volta para o Recife, o pernambucano patrocinouum "bota-fora" no setor, ocasião em que pediu a palavra para consignar as homenagens:"Eu queria agradecer a todos por tudo, mas principalmente ao meu guru, que aqui no Rio foi o meu "salvador": "Nunca moveu uma palha para me ajudar, mas, em compensação, nunca colocou areia em nada que sonhei fazer".

    COMPARTILHAR
    Matéria anteriorE AGORA LULA?
    Matéria seguinteEU, CINEASTA?