Edição 3 - 04/01/2017

Fonacate e Fonasefe encaminham continuidade de luta unificada contra desmanche do serviço público


Dois mil e dezoito está ainda em sua primeira semana, no entanto o cenário político para a categoria não sugere qualquer pausa para uma “ressaca” das festas de final de ano. Representações sindicais do serviço público já encaminham a continuidade da articulação conjunta para o enfrentamento à precarização do setor, em pauta nas diferentes esferas de poder.

Após protocolar representação contra o secretário de Governo, Carlos Marun, nesta quarta-feira, 3 de janeiro, entidades que compõem o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) já têm encontro marcado com carreiras do Fórum Nacional dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) para o próximo dia 17 de janeiro. O Sinal é integrante, com atuação expressiva, dos dois fóruns de interlocução.

Na agenda de trabalhos, destaque para a definição de estratégias da luta unificada contra a PEC287/2016 (reforma da Previdência), a MP805/2017 (adiamento de reajustes e elevação da contribuição previdenciária) e o veto presidencial ao PL3831/2015 (negociação coletiva na Administração Pública). A busca pela revogação da Emenda Constitucional 95 (teto de gastos), que delineia todo o cenário de arrocho, também permeia a pauta do funcionalismo.

No início de fevereiro, Fonacate e Fonasefe devem promover reunião ampliada dos servidores para uma avaliação mais aprofundada da conjuntura política e indicação de novas frentes de mobilização.

Edições Anteriores RSS