Edição 71 - 10/08/2004

GREVE CONTINUA MAIS FORTE

Governo reconhece que a for‡a do movimento superou as expectativas

Preocupado com o sucesso e a repercussÆo nacional da nossa greve, o diretor Fleury se reuniu com a lideran‡a sindical, ontem a tarde, quando informou que a for‡a e a extensÆo do movimento estavam preocupando muito o Governo e incomodando o sistema financeiro.

Ap¢s fazer coment rios sobre eventual eleva‡Æo nos valores do PCS (vd. Apito Brasil), Fleury fez questÆo de esclarecer que nÆo se tratava de uma proposta oficial, ou seja, nÆo assinava em baixo do que tinha falado. Hoje faria sondagens sobre a possibilidade de uma reuniÆo oficial.

Ora, Diretor! De que adianta agora vir dizer que o Governo est  muito preocupado, se foi a pr¢pria intransigˆncia palaciana, aliada a omissÆo de Meirelles e da diretoria, quem nos levou a esta situa‡Æo. Eles sim sÆo os grandes respons veis pelo inc“modo que o sistema financeiro est  sentindo.

Durante 3 meses aguardamos pacientemente o desenrolar das negocia‡äes enquanto a cada reuniÆo ‚ramos desrespeitados com propostas absurdas. Quiseram testar as nossas for‡as. Pois bem.

A greve continua forte at‚ que surja uma proposta digna de avalia‡Æo!
A solu‡Æo pode estar pr¢xima.  hora de fortalecermos a nossa uniÆo.
Furar a greve nesse momento ‚ ser contra o nosso aumento.

No decorrer do dia, novas informa‡äesre no desenrolar do movimento.

Edições Anteriores RSS