Edição 0 - 31/01/2006

O PROJETO DE LEI DO PCS, ALGUÉM VIU? / ASSEMBLÉIA DIA 01/2/06, ÀS 14H

O PROJETO DE LEI DO PCS, ALGUÉM VIU?

O encaminhamento do Projeto de Lei sobre o nosso PCS, até o fechamento desta edição, ainda não passa de promessa por parte do BC e governo.

Segundo o Informativo Dirad de 23/1/06, o PL será encaminhado ao Congresso com modificações mais ou menos significativas em relação ao acordado com os representantes do funcionalismo, em outubro/2005, quando do encerramento da greve do BC.

A quebra de acordo se dá, principalmente:

Pela alteração nos percentuais que seriam concedidos em janeiro e junho/2006: os 6% em janeiro, passarão para 7,5% em fevereiro, com a conseqüente diminuição do que se concederá em junho, para completar 10%. É uma medida que deixou no prejuízo aqueles que, por exemplo, receberam, em janeiro, 1/3 das férias;

Pela alteração no texto relativo ao PASBC: o BC , que antes deveria  obrigatoriamente cobrir eventuais déficits no programa, agora só o fará pelo bel-prazer da diretoria.

Na última assembléia, o funcionalismo de São Paulo, seguindo orientação do Conselho Nacional do Sinal, deu prazo até 27/1/06, para que a promessa de encaminhamento do PL fosse cumprida. Amanhã, quarta-feira, 1º de fevereiro, às 14h, no saguão do prédio do BC, estará novamente reunido em assembléia para deliberar sobre o que fazer perante esse quadro de desrespeito.

É preciso dar uma resposta para ao governo. Compareça à assembléia!

Conselho Regional do Sinal-SP

*****

Obs.: Na edição impressa deste boletim, foi reproduzido o texto do Apito Brasil nº 4, de 27/1/06. Para lê-lo, clique AQUI.

Edições Anteriores RSS