Edição 0 - 04/06/2007

BOCA PAULISTA ELETRÔNICO nº 4, de 04.06.07: Greve – uma forma justa de luta!

 

 BOCA PAULISTA ELETRÔNICO

São Paulo, 04 de junho de 2007 – nº 4

 

 

Greve – uma forma justa de luta!

Envidando esforços para deslindar o atual impasse na negociação salarial dos funcionários desta Casa, o SINAL tem realizado, articuladamente, um trabalho político junto aos parlamentares e aos meios de comunicação.

Ao denunciarmos que o governo faz uso político de nosso movimento e que os serviços essenciais vêm funcionando sob regime de contingência, buscamos manter a legalidade da greve e, ainda, atender às necessidades da sociedade, a quem servimos. Temos afirmado a legitimidade do nosso pleito, destacando os possíveis reflexos da paralisação no SFN e na economia do País, com o fulcro precípuo de destacar a importância do Banco Central – não obstante o contínuo trabalho de desmonte a que é submetido nos últimos anos.

A condução do movimento – de forma coesa, no âmbito nacional – tem sido possível graças ao respaldo da base que se mantém firme e resoluta na conquista de seus direitos. Dessa forma, os dirigentes do SINAL, diuturnamente, se empenham em representar a vontade dos filiados, mas não só! Trata-se de defender – institucionalmente – a categoria como um todo, que se pode traduzir em comunhão estratégica e de propósito do funcionalismo, nosso mais precioso ativo.

Para tanto, as assembléias – em que a palavra da categoria é ouvida e respeitada – criam a oportunidade para a valorização do Banco Central, de seus funcionários e, por fim, municiando a todos das informações sobre o andamento das negociações.

Desde o início da greve, vimos trabalhando incessantemente no Congresso com o intuito de conseguir o apoio das mais expressivas lideranças parlamentares para a consolidação de um acordo. Este trabalho, realizado de maneira intensa na última semana, tem produzido importantes articulações entre parlamentares e representantes do Executivo – MPOG, Casa Civil e o Presidente Meirelles, o qual, percebendo a gravidade do momento, busca uma solução para o impasse.

Sabedores de que toda negociação envolve, por definição, diálogo entre as partes, o SINAL, graças a sua postura de respeito à dinâmica de negociação, não se furta a buscar interlocução com todos os personagens que possam contribuir para a construção de uma proposta que atenda aos anseios e necessidades do funcionalismo.

Diante desse quadro, delineados os principais pontos de nossa ação, conclamamos os colegas para que se unam à nossa luta:

Vamos reforçar nossa paralisação para que conquistemos o mais rapidamente possível o que nos é de direito, pois é nossa ÚNICA forma de pressão: justa e pacífica.

SIM À VALORIZAÇÃO DA CARREIRA DO BANCO CENTRAL!

SIM À GREVE!

Conselho Regional do Sinal-SP

 

 

SINAL – Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central

Rua Peixoto Gomide, 211 – São Paulo (SP) – Cep 01409-001

Tel/Fax: 3159-0252 / e-mail: sinalsp@sinal.org.br

 

Edições Anteriores RSS