Edição 0 - 26/06/2007

SINAL-SP INFORMA nº 166, de 26.06.07: Assembléia dia 27.6, às 14h / Sinal-SP visita a Procuradoria Geral / Reunião de comissionados no RJ / Área Jurídica

 

 SINAL-SP INFORMA

São Paulo, 26 de junho de 2007 – nº 166

 

 

ASSEMBLÉIA NA QUARTA-FEIRA, DIA 27/6, ÀS 14H

Nesta quarta-feira haverá assembléia para avaliarmos a reunião dos representantes do funcionalismo com o Banco Central e o Ministério do Planejamento, prevista para hoje, às 17h, na qual se discutirá a reposição dos dias de greve e a realização dos trabalhos represados.

Daro Marcos e Valter Borges, de São Paulo, já se encontram em Brasília.

O resultado que se espera das negociações é a compensação integral dos dias de greve, sem nenhum desconto pecuniário.

Compareça!

Conselho Regional do SINAL-SP

 

SINAL-SP VISITA A PROCURADORIA GERAL

Dando continuidade às visitas para tratar dos procedimentos a serem adotados a respeito da reposição do trabalho atrasado em função da greve, representantes do SINAL-SP estiveram na segunda-feira, dia 25/06, na Procuradoria Geral – 17º andar.

Na reunião, referendou-se a idéia – já amplamente debatida – de se trabalhar com uma média móvel: o serviço mais antigo é colocado em dia, e o mais recente, acumulado. Até que tenhamos uma solução negociada para os dias de greve, a adoção do procedimento é legítima.

Ninguém no BC está disposto a trabalhar de graça!

Fotos: clique em [ 1 ] e [ 2 ]

 

REUNIÃO DE COMISSIONADOS NO RIO DE JANEIRO

Na segunda-feira, dia 25/06, no auditório do BC, o SINAL-RJ promoveu reunião com cerca de 70 comissionados sobre a negociação dos dias de greve.

No encontro foi aprovado o documento abaixo.

[[[]]]

Documento dos comissionados do Banco Central-RJ (*), em defesa da instituição e contra o desconto pecuniário dos dias referentes à paralisação pela recomposição salarial.

Este documento, de iniciativa de servidores comissionados do Banco Central do Brasil, no Rio de Janeiro, vem refletir a nossa preocupação com relação a provável deterioração das relações de trabalho e com a contaminação do clima organizacional, caso se concretize a ameaça de desconto pecuniário dos dias decorrentes da paralisação pela  recomposição salarial, direito que foi afirmado e reconhecido pelo próprio governo ao nos propor a efetivação de uma nova tabela salarial.

Por tradição, os serviços acumulados em decorrência das paralisações, cuja totalização já foi concluída e encaminhada à administração central,  sempre foram repostos a tempo e a contento por intermédio de horas de trabalho e assim será feito de forma responsável, como sempre o fizemos, num comportamento que tem levado esse Banco Central à posição de respeito que a sociedade brasileira hoje lhe delega.

Esta autarquia e seus servidores vêm sofrendo, nos últimos dez anos, com a subtração de conquistas: foram-se o plano de complementação de aposentadoria (Centrus), o FGTS, os abonos, a licença-prêmio, os anuênios, os décimos, as garantias na aposentadoria, a queda vertiginosa da qualidade e o aumento de custos do nosso plano de saúde e uma profunda depreciação salarial. Nesse quadro, a efetivação do referido desconto, que inclusive não tem base legal para ser aplicado, poderá deflagrar um  sentimento de profundo descontentamento, que comprometerá seriamente o ambiente de trabalho e terá influência negativa na qualidade dos serviços prestados por esta Autarquia.

Nesse contexto, alertamos para os graves prejuízos institucionais que advirão com a aplicação dessa medida, penalizando injustamente o quadro de funcionários do BACEN, que tem demonstrado sua competência, dando ao Banco Central uma reconhecida posição de destaque.

Por fim, entendemos que o resgate da dignidade do funcionalismo e do orgulho de servir ao Banco Central passam pelo encaminhamento da MP que abriga a nova tabela salarial proposta pelo Governo, já aprovada pelo funcionalismo dessa casa, e pela regularização do serviço acumulado por intermédio de horas de trabalho, afastando-se, dessa forma, medidas que representem, na verdade, retaliações contra o corpo de funcionários da instituição.     

(*) documento aprovado, por unanimidade, por mais de 70 servidores comissionados presentes na reunião realizada em 25.06, no auditório do BACEN-RJ.

 

ÁREA JURÍDICA

Ação dos 28,86% (1º grupo) – A juíza Emília Maria Velano, da 15ª Vara/DF, em despacho exarado no processo de execução no dia 25/06/07, concedeu 20 dias, contados da publicação do despacho, para que o Sinal, autor da ação ordinária, se manifeste acerca da impugnação ao cumprimento da obrigação de fazer apresentada pelo Banco Central em 26/03/07. Na impugnação, o BC reconheceu dever a diferença, porém apenas relativamente ao período de janeiro a agosto de 1993 – já que, conforme alega, teria concedido, em setembro daquele ano, reajuste superior a 28,86%; caso esse período não seja acatado, no entanto, admitiu pagar a diferença de janeiro de 1993 a novembro de 1996.

[[[]]]

Ação de Correção das Cadernetas de Poupança – Solicitamos aos colegas que ingressaram com a ação que, tão logo hajam recebido os extratos das instituições financeiras, encaminhem-nos ao Sindicato, aos cuidados de Carlos Silva.

 

REDE CONVENIADA DE DESCONTOS

Pousada Casa Rosa – A Pousada Casa Rosa, também conhecida como Pousada das Cerejeiras, está localizada no final da principal rua de acesso à cidade de Alto Paraíso de Goiás, dentro de uma chácara de 15.000 m2, cercada por rio e muito verde. Possui vista deslumbrante para o "Vale do Moínho" e à Cadeia de Montanhas que atravessa a reserva ecológica da Chapada dos Veadeiros. Consulte aqui os preços promocionais para filiados. Reservas: (62) 3446-1319 ou 3446-2065.

[[[]]]

Ingressos de Cinema:

Unibanco Arteplex SP – Dispomos de convites pelo preço de R$ 9,00, com prazo de validade até 23/08/07. O convite deve ser trocado por ingresso na bilheteria dos cinemas, no Shopping Frei Caneca – Rua Frei Caneca. 569, 3º piso. Consulte aqui a programação.

Rede CinemarkRede Cinemark – Dispomos de convites pelo preço de R$ 9,00, com prazo de validade até 31/10/07, para todos os cinemas e sessões da rede, exceto no Shopping Iguatemi São Paulo. Os convites devem ser trocados por ingresso nas respectivas bilheterias. Consulte aqui a ajuda para a programação.

Encomende seus convites por telefone, até às 16h.

 

 

SINAL – Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central

Rua Peixoto Gomide, 211 – São Paulo (SP) – Cep 01409-001

Tel/Fax: 3159-0252 / e-mail: sinalsp@sinal.org.br

 

Edições Anteriores RSS