Edição 79 - 06/08/2007

Assédio Moral: Aspectos jurídicos, impacto emocional e regulamentação no serviço público

O SINAL, promoverá, às 9 horas, no dia 8 de agosto, em Brasília, no Auditório Octávio Gouvêa de Bulhões, um seminário sobre a matéria, que será retransmitido para todas as estações de trabalho no Brasil, via TV-Bacen. 

Você, funcionário do BC/RJ, poderá assistir o evento pelo sistema interno de tevê ou no AUDITÓRIO do 24º andar, junto com outros colegas.

Participantes: David Falcão – Presidente do SINAL Nacional, Paulo de Tarso Galarça Calovi – Presidente da Regional Brasília, Dr. Júlio Cesar Ausani – Advogado, Dra. Margarida Barreto – Psicóloga e Dr. Luiz Roberto Pires Domingues Jr. – Coordenador Geral de Seguridade Social e Benefícios do Servidor do MPOG.

Assédio Moral é crime: conheça-o e defenda-se 

Você pode ter tido a sorte de nunca ter sido assediado moralmente, e nem imaginar que isso existe, ou do que se trata. 

No serviço público, essa mazela responde por mais de 70% das queixas dos funcionários. Problema grave e difícil de ser caracterizado, o assédio moral é um conjunto de comportamentos, que leva a vítima à instabilidade emocional e a problemas físicos. O governo, desde meados de 2006, prepara uma regulamentação específica sobre o Assédio Moral no Serviço Público.

O Portal SINAL, há algum tempo, já recebe diversas sugestões e denúncias, já encaminhadas ao Ministério. E, como ainda temos alguns dias para mandar sugestões para o MPOG, envie logo as suas, que serão disponibilizadas para o conhecimento de todo o funcionalismo, sem identificação, e sob essa mesma forma encaminhadas ao Ministério do Planejamento.  

Sua contribuição é muito bem-vinda: remeta-a para econteudo@sinal.org.br

Edições Anteriores RSS