Edição 37 - 29/07/2008

Editorial

O jornal O GLOBO, de 29.07, insiste em tratar de forma pejorativa, como "elite", um conjunto de funcionários públicos concursados, que tem dado repetidas provas de competência, garantindo a estabilidade econômica do pais, além de fiscalizar, e punir, as atividades ilícitas de "colunáveis" que tem como hobby lesar a economia popular. Provavelmente, o referido diário acharia normal que esses funcionários qualificados, pressionados pelos baixos salários, abandonassem o serviço público e fossem colocar seus conhecimentos a serviço da iniciativa privada, particularmente, de certos banqueiros. Faz bem o Governo em reconhecer o valor desses funcionários e dar condições para sua manutenção no serviço público, muito embora, não perceba a importância de cumprir em dia seus compromissos, e, perde pontos o jornal, que mais uma vez, aposta na desqualificação do Estado Brasileiro.

 

SINAL-RJ

Edições Anteriores RSS