Edição 52 - 31/10/2011

Questão Gamboa é discutida no Congresso

 

Mudança do BC para Gamboa
é discutida no Congresso

 O diretor de Relações Externas do Sinal-RJ, Laerte Porto, esteve na semana passada em Brasília para dialogar com deputados e senadores sobre a mudança do Banco Central para a área do Porto Maravilha.
 
 Entre os deputados contatados, todos do Rio de Janeiro, estão Chico Alencar (PSOL), Edson Santos e Alessandro Molon (PT), Dr. Aluizio (PV), Dr. Paulo César e Garotinho (PR), Stepan Nercessian (PPS), Miro Teixeira (PDT), Filipe Pereira e Hugo Leal (PSC), Áureo (PRTB), Washington Reis (PMDB) e Rodrigo Maia (DEM). Laerte Porto conversou também com a assessoria de outros 31 parlamentares eleitos pelo Rio de Janeiro.
 
 Em carta, entregue aos parlamentares, a direção do Sinal-RJ explica as inquietações dos servidores do BC da ADRJA, que se manifestam contrários à mudança, já que o prédio da Av. Presidente Vargas possui estrutura moderna e excelente localização.
 
 No dia 26, em plenário, o deputado Washington Reis, além de cobrar transparência do BC junto aos seus servidores, registrou ser inconcebível o gasto de mais 30 milhões de reais para a ampliação do prédio da Gamboa, enquanto os cortes orçamentários atingem os programas sociais e reajustes salariais (discurso abaixo).

 

Edições Anteriores RSS