Edição 84 - 06/07/2012

Brasília e regionais do BCB juntas na luta pela recuperação salarial e nivelamento ao topo do executivo

Os servidores do BCB aguardam dos companheiros de BSB um posicionamento fiel a sua tradição de destaque nos movimentos reivindicatórios. Na campanha salarial de 2007, que culminou com a conquista da nossa maior recuperação salarial, foi justamente de Brasília onde saíram os maiores atos e concentrações de servidores, que demonstraram ao Governo a contrariedade com nossos contracheques e a disposição de luta para mudar aquele quadro.

Agora não pode ser diferente. Os servidores de BSB, assim como todos os servidores das regionais, estão sofrendo o descaso do Governo, que insiste em nos negar a recomposição do poder de compra dos nossos salários, congelados desde 2008, e o nosso nivelamento ao topo das Carreiras de Estado.

Companheiros de BSB compareçam a Assembleia Geral Nacional, nessa 6ª feira, e confirmem no voto, o indicativo aprovado pelo Conselho Nacional do Sinal, de paralisação de 24h, no dia 11.7, alertando ao Governo que não aceitamos a depreciação salarial e a subestimação da importância do BCB no contexto nacional.

Assim como nós, diversas entidades representativas das Carreiras de Estado estarão realizando, por volta do dia 11.7, manifestações e paralisações com o mesmo objetivo.

 
Essa luta não começou hoje e, certamente, não terminará no dia 11.7, mas é fundamental que exercitemos agora a nossa capacidade de mobilização para chegarmos com a força necessária no momento que em essa contenda tiver que ser decidida, pois como sabemos, nada acontecerá num estalar de dedos e sim no exercício democrático de participação nas assembleias.

 
Conselho Regional do Sinal-RJ
Conselho Regional do Sinal-SP
Conselho Regional do Sinal-Recife

Edições Anteriores RSS