Edição 83 - 08/02/2013

Por que me filiei ao Sinal-DF?

Sérgio Roberto Ferreira de Carvalho (DESIG/GEINF/DIADI/SUATI) 

http://www.sinal.org.br/brasilia/imagens/Bloco%2001%2001%20S%C3%A9rgio%20Roberto%20Ferreira%20de%20Carvalho.JPG

Nós, de Brasília, devemos nos inspirar no exemplo das regionais, que tem uma proporção de filiados muito maior que a nossa.

“Quais as opções nós, servidores do Banco Central, temos para que nossos interesses e necessidades sejam encaminhados ao governo? Os sindicatos existem para esta finalidade e sua efetividade é tão maior quanto mais representativo este for. Nós, de Brasília, devemos nos inspirar no exemplo das regionais, que tem uma proporção de filiados muito maior que a nossa.

O Sinal não é perfeito, há muitas oportunidades para melhoria; como melhorá-lo? O único caminho que vejo é com maior participação dos servidores, aumentando o número de filiados e também a participação efetiva dos filiados nas assembleias e outros eventos. Os servidores unidos e representados são muito mais fortes. Nos momentos de mobilização é visível o trabalho do sindicato. Por isso me filiei ao Sinal-DF em dezembro de 2012. Conseguimos algumas conquistas e temos outras pela frente. A luta é contínua.” 


 Arnaldo Francisco Vitaliano Filho (DEINF/DINAM/SUTIN)

“O Sinal-DF precisa de mais apoio, para termos mais voz e peso no âmbito nacional do sindicato.

"Tomei posse em 2008, mas deixei para me filiar somente agora. O fiz em reconhecimento ao bom trabalho que o Sinal-DF apresentou neste conturbado ano de 2012. E o Sinal-DF precisa de mais apoio, para termos mais voz e peso no âmbito nacional do sindicato. Tenho acompanhado os trabalhos do sindicato, principalmente pelos boletins, e espero que o SINAL-DF represente melhor os anseios da categoria. Vejo que muito ainda é decidido sem atenção especial à base. Em 2013, espero que o sindicato mostre prioridade na manutenção do poder de compra dos nossos salários e mais atenção em questões de qualidade de vida no trabalho, questões estas de grande impacto no dia-a-dia do servidor."


Cesar Martins Borba (Aposentado)

http://www.sinal.org.br/brasilia/imagens/Bloco%2001%2002%20Cesar%20Borba.jpg

“Procurei o auxílio do Sinal, que me ofereceu o apoio imediato.

"É importante que o servidor, ainda que aposentado, se filie ao sindicato, porque sozinhos nós não temos força. O Sindicato é quem nos defende e representa. Pude constatar isso recentemente, quando recebi uma cobrança de devolução de percentual do FGTS pago a mais. O valor era exorbitante e o prazo para o pagamento era de apenas dez dias. Diante desse impasse, procurei o auxílio do Sinal, que me ofereceu o apoio imediato. Portanto, com certeza o sindicato é a nossa voz, que quando em coro se faz ouvir muito mais forte."

Edições Anteriores RSS