Edição 160 – 6/9/2017

Sinal cobra audiência com presidente do BC e responsabilidade para com os servidores


O Sinal, por meio de ofício protocolado na manhã desta terça-feira, 5 de setembro, reiterou o pedido de audiência com o presidente Ilan Goldfajn, solicitada já há cerca de três meses, para tratar de assuntos de interesse do Banco Central e de seus servidores.

A pauta da reunião é ampla e abrange temas como o adiamento do reajuste salarial definido em lei para janeiro de 2018 e 2019; os riscos jurídicos inerentes a essa decisão e a manutenção das distorções remuneratórias internamente e em relação às demais carreiras que hoje se encontram no topo do Executivo.

Consta também para discussão a criação de tabela remuneratória única para os cargos do Executivo e as consequências danosas de sua aplicação ao BCB. Importante lembrar que a não aprovação da exigência de nível superior de escolaridade para o ingresso no cargo de Técnico do BCB impediu a diferenciação da Instituição e poderá vir a ser fator decisivo para o nosso enquadramento nessa carreira unificada.

O ofício ressaltava, ainda, a necessidade da manifestação de apoio da direção da Autarquia para a aprovação da alteração da nomenclatura do cargo de Analista para Auditor do Banco Central do Brasil, que seria votada na tarde de ontem na Comissão da Medida Provisória nº 784/2017.

Finalmente, o Sinal cobrou o empenho pessoal do presidente e de sua Diretoria Colegiada na solução dessas questões que afligem todo o corpo funcional do BCB.

Edições Anteriores RSS
5ª feira, 23 de novembro de 2017
shadow