Inicial 2018

Arquivos

A importância da AND para a vida funcional do servidor do BCB

O Sinal realizará, no período de 26 a 30 de novembro, em Recife (PE), sua XXVIII Assembleia Nacional Deliberativa (AND), que definirá os rumos de atuação do Sindicato para o próximo biênio.

Muito mais do que o simples cumprimento de uma obrigação estatutária, a AND tem se mostrado, no decorrer dos anos, de fundamental importância para os servidores do Banco Central do Brasil, pois suas decisões refletem, muitas vezes, o novo desenho nas relações funcionais.

Fonacate: afiliadas discutem demandas para o segundo semestre

Assunto relevante na agenda dos servidores públicos neste segundo semestre, a reforma administrativa será alvo de estudos aprofundados pelas afiliadas ao Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate). Em assembleia realizada nesta terça-feira, 17 de julho, na pauta das lideranças sindicais presentes, a Portaria nº 193/2018 do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), que prevê o remanejamento compulsório de servidores na Administração Pública federal, a Emenda Constitucional (EC) 95, que limita os gastos públicos e as eleições gerais deste ano. Jordan Pereira, presidente, e Epitácio Ribeiro, diretor de Relações Externas do Sinal, participaram da reunião.

O Sinal dos próximos anos” precisa de você, servidor do Banco Central

“O Sinal dos próximos anos” precisa de você, servidor do Banco Central

Os rumos da representação sindical do corpo funcional da Autarquia estarão em pauta na XXVIII Assembleia Nacional Deliberativa (AND), que ocorrerá de 26 a 30 de novembro, em Recife (PE).

Além de projetar o futuro do Sindicato, que completa três décadas de existência em 2018, os seus filiados apontarão diretrizes para a atuação em demandas que dominam a agenda da categoria hoje, como a reestruturação das carreiras e a campanha negocial permanente.

A composição das bancadas estaduais na XXVIII AND será calculada com base no total de filiados verificado no próximo dia 31 de julho. Cada regional tem direito, além dos seus membros do Conselho Nacional do Sinal, a um delegado para cada cem filiados, garantidos, no mínimo, três por praça, podendo candidatar-se às vagas aqueles servidores que estiverem filiados, e em situação regular, na referida data.

Os debates acerca dos temas que permearão a AND começarão em breve aqui em nossa página eletrônica. Fique atento.

Filie-se e juntos vamos continuar a escrever a história do Sinal, de luta e conquistas em defesa de todos os servidores, ativos e aposentados, e pensionistas do Banco Central do Brasil.

Veja o Edital de Convocação.    

XXVIII AND: Sinal convoca filiados de todo o país

Vem aí a vigésima oitava edição da Assembleia Nacional Deliberativa (AND) do Sinal. Sob o mote "O Sinal dos próximos anos", filiados de todo o pais apontarão as diretrizes políticas para a atuação sindical no biênio 2019/2020.

Conforme Edital de Convocação, as seções do Sindicato em todo o país convocarão, até o dia 31 de agosto, assembleias regionais para a definição de seus delegados, representantes no grande evento, que ocorrerá de 26 a 30 de novembro, em Recife (PE). As discussões acerca dos temas em pauta, no entanto, terão início em breve aqui no Portal Sinal. O objetivo é amplificar a voz do filiado, de modo a fomentar os debates que se encaminharão durante a AND.

Participe, engaje-se. O futuro de nossa representação sindical está em suas mãos!

Servidores celebram vitória e apontam continuidade da mobilização unificada

Em nota, que o Apito Brasil reproduz abaixo, endossada por dezenas de representações sindicais, entre elas o Sinal, servidores dos três Poderes, ativos e aposentados, comemoram os frutos da mobilização unificada que derrubou o congelamento dos serviços públicos das diretrizes orçamentárias para 2019. Relembre aqui parte das ações empreendidas pelo segmento.

Leia a íntegra da nota.

Após derrota na LDO, governo cogita propor adiamento de reajustes de 2019

Vitórias devem ser comemoradas, mas não sugerem um relaxamento das trincheiras de luta. Depois da derrubada do congelamento de serviços públicos na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2019, aprovada pelo Congresso Nacional na última quarta-feira, 11 de julho (veja aqui), um novo enfrentamento parece se avizinhar. De acordo com veículos da imprensa, fontes do governo asseguram que a proposta de orçamento para o próximo exercício virá com o adiamento dos reajustes das carreiras de Estado, de janeiro de 2019 para 2020.

Apito Brasil