SinalBH informa 020/2018

A PAUTA DOS SERVIDORES DO BANCO CENTRAL

A PAUTA DOS SERVIDORES DO BANCO CENTRAL

PASBC – 741 responderam. NÃO ao aumento de contribuição foi evidente. Em breve, análise do resultado da pesquisa.

PREVIDÊNCIA – Servidores continuam na mira: projeto propõe aumento de CPSS que pode chegar a 22% no regime próprio dos servidores públicos federais. O PLS 395-2017 está em consulta publica. Não deixe de repelir com vigor a mais este ataque. Clique aqui e participe.

————————————————————————————————————————-

AUTONOMIA E CARREIRA

Segundo o Apito Brasil nr. 73 “Questões específicas, como a autonomia administrativa, econômico-financeira e técnica–operacional do BC, assim como o mandato de sua direção coincidente com o do Presidente da República e a dupla missão da instituição – controle da inflação e crescimento econômico do país – foram aprovadas pelo conjunto dos filiados como diretrizes para a ação do Sinal. (AND, SP, 2010).”

Diferentemente, segundo a imprensa o texto em elaboração no Executivo prevê mandatos de cinco anos para os dirigentes da autoridade monetária, não coincidentes com o do presidente da República, a partir de 2020. Além disso, não prevê a recondução dos diretores e determina, como objetivo único e exclusivo do órgão, a garantia da estabilidade do poder de compra da moeda.

O Apito: “Importante salientar que projeto de lei que trata exclusivamente das carreiras do BC segue em análise no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), com questões igualmente objeto de decisões da categoria, como a mudança da nomenclatura para o cargo de Analista, o nível superior como critério para ingresso no cargo de Técnico, a definição precisa das atribuições e as prerrogativas necessárias ao servidor para o desempenho de suas funções.”

Na visão de consultor da DIAP, incluir os dois objetivos (BC e Carreira) em um mesmo instrumento legal pode levar à não obtenção de nenhum deles.

Tais propostas recomendam atenção e envolvimento.

————————————————————————————————————————

REPRESENTATIVIDADE E PODER – PODEMOS VIRAR O JOGO

O fórum (AND) que reúne, por delegação de competência, todos os profissionais que irão protagonizar o projeto BC ocorre este ano.

Em 2018, podemos sinalizar definitivamente à Diretoria a nossa capacidade de força com adesão maciça ao Sindicato, único instrumento capaz de suplantar uma legislação nefasta e retrógrada que poderá impingir ao BC o status de agência reguladora ou órgão setorial, esvaziado em suas atribuições e sem relevância nos poderes da República.

VAMOS FORTALECER A CATEGORIA EM BUSCA DO BC QUE QUEREMOS

SinalBH informa 020 em 030518

 

 

Edições Anteriores