Edição 9 – 16/1/2020

Fonasefe define primeiras atividades do ano


Em reunião nesta quarta-feira, 15 de janeiro, o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) encaminhou o cronograma com as primeiras atividades da campanha unificada de 2020. O presidente do Sinal, Paulo Lino, participou das discussões.

Foi ressaltada a importância da adesão das representações do Fórum no ato público em defesa do funcionalismo, que ocorrerá no próximo dia 12 de fevereiro, na Câmara dos Deputados, sob coordenação da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público e de centrais sindicais. Para o presidente do Sindicato, além de mobilizar as bases e construir a unidade de ação, será fundamental estabelecer canais de comunicação com a sociedade, de modo a alertar para os riscos que derivam da precarização do setor público. “A população precisa perceber que nós, servidores, fazemos parte de seu dia a dia mais do que ela imagina”.

Ainda na primeira metade de fevereiro, o Fonasefe deverá construir a pauta reivindicatória de 2020 do conjunto da classe, a ser entregue ao Ministério da Economia – onde se cobrará a reabertura das negociações, suspensas, unilateralmente, pelo governo, nos últimos anos – e às duas Casas do Congresso Nacional. O Sinal subsidia as discussões acerca da defasagem remuneratória das diferentes categorias, o que ajudará a definir o índice de correção salarial a ser requerido na pauta.

Conforme aponta o Corrosômetro, o corpo funcional do BCB, bem como de diversas carreiras que, em 2015, firmaram acordos de reajuste em quatro parcelas, sofrem hoje uma defasagem salarial de 15,9% em relação a julho de 2010, acumulando uma perda de, aproximadamente, 18,6 salários no período. Em pior situação se encontram as carreiras que acordaram reajustes em duas parcelas, pois sua defasagem salarial já supera os 33%.

Foi definido, também, que o Fonasefe integrará as mobilizações contra o desmonte do serviço público programadas para todo o país no dia 18 de março, chamado de Dia Nacional de Luta em Defesa do Serviço Público.

Edições Anteriores