Edição 29 - 04/07/2005

Se o Governo quiser negociar, até sem recursos ele pode acatar algumas demandas dos servidores

Havendo vontade política real, o Governo e os servidores podem negociar diversos pontos importantes, a despeito até das supostas dificuldades orçamentárias. O maior exemplo disso é a redução da jornada de trabalho. Já publicamos, no Apito Carioca nº 23, de 21 de junho de 2005, experiências bem sucedidas de redução de jornada sem redução de salários no setor privado e no setor público. Abaixo, trazemos uma experiência interessante: a do governo de centro-esquerda de Lionel Jospin, na França. Confira!

Edições Anteriores RSS