Edição 0 - 27/08/2005

Próxima Assembléia: ÀS 9H DO DIA 30/8, TERÇA-FEIRA (filipeta)

SUCESSO DA GREVE REABRE MESA  DE NEGOCIAÇÃO

Sérgio Mendonça marca reunião para Quarta-feira, dia 31/08

Sinal Nacional analisa suspensão da greve e propõe reversão das faltas

CAMPANHA SALARIAL E CONTATO DO MPOG – A nossa paralisação de 48h nos dias 24 e 25/8/05, com crescente adesão em todas as regionais, já produz frutos. Ontem, nas Assembléias de algumas regionais do SINAL, foi aprovado um indicativo de paralisação de 72 horas na próxima semana, (terça a quinta-feira), para aumentar a pressão no sentido da reabertura do processo de negociação com o Governo. Em Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre e Rio de Janeiro, esta proposta foi aprovada. Em São Paulo, o Conselho Regional optou por realizar Assembléia deliberativa na segunda-feira, dia 29/8, às 14h.

Entretanto, ontem, às 18h30, o Secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), Sérgio Mendonça, entrou em contato com o Presidente do SINAL, David Falcão. O Secretário relatou que recebera instruções do Ministro Paulo Bernardo de se reunir com os representantes dos servidores, e sugeriu o encontro para a próxima quarta-feira, dia 31/8. Solicitou, ainda, que a tratativa se desse de preferência com a greve suspensa. O Presidente do SINAL perguntou, então, se seria levada à reunião alguma proposta à pauta apresentada. O Secretário afirmou que não poderia garantir, mas que estava trabalhando nesse sentido.

David Falcão alertou que se não houvesse nada de concreto na reunião, o efeito certamente seria o recrudescimento do movimento, pois a categoria está impaciente e mobilizada. Na ocasião, o SINAL proporá a reversão das faltas como condição da negociação.

Diante desse novo cenário, qual seja a expectativa de reabertura da negociação salarial, a Assembléia de São Paulo foi remarcada para terça-feira, dia 30/08, às 9h, para avaliar o indicativo de greve de 72h da semana que vem (dias 30/08 a 01/09/05). Também está marcada Assembléia na quinta-feira, 01/09/05, para analisarmos o resultado da reunião entre o Governo e o SINAL.

O Governo mostra que está acompanhando o nosso movimento, e a sua “aparição” ontem, ao contatar o Presidente do SINAL buscando dar início à negociação salarial, mostra que nossa greve atingiu seu objetivo. Entretanto, sejamos céticos, pois ainda não há nada de concreto! Fiquemos alertas ao desenrolar dos próximos acontecimentos! Manter a nossa disposição de mobilização é imprescindível!

SINAL-SP – 26/8/05

Edições Anteriores RSS