Edição 0 - 28/05/2007

SINAL-SP INFORMA nº 146, de 28.05: Assembléia às 10h, dia 29.05 / Porque entrei em greve / O movimento em SP / Saiu na imprensa / Enquanto isso…

 

 SINAL-SP INFORMA

São Paulo, 28 de maio de 2007 – nº 146

 

 

ASSEMBLÉIA NA TERÇA-FEIRA, 29/05, ÀS 10H     

Na terça-feira, haverá assembléia às 10h, para deliberarmos sobre os rumos do movimento.

Participe!

 

PORQUE ENTREI EM GREVE

Há algum tempo vinha me sentindo incomodado por não estar em greve. Sempre vi muitos colegas lutando pela melhoria dos nossos proventos. No início, achava que eles eram radicais demais e que o aumento viria de qualquer forma. Hoje, fazendo um retrospecto, percebo que todos os nossos ganhos foram fruto de movimentos grevistas.

Quando veio a primeira proposta, quis aceitar de bate-e-pronto. Fiquei indignado com o Sinal, e mesmo com os meus colegas que, apesar da perspectiva de um bom aumento, continuaram em greve. O tempo foi passando e a proposta foi melhorando. Isso foi bom, e graças à insistência de alguns.

Quando foi apresentada a proposta com os reajustes para Janeiro de 2008 e Janeiro de 2009, entendi que era a hora de aceitá-la; afinal de contas, o Diretor Gustavo nos dissera, via TV-Bacen, a quem quisesse ouvir, que o Governo não daria nada a ninguém em 2007. Mais uma vez, fiquei indignado com os colegas que a recusaram.

Na semana passada, fiquei sabendo que a Polícia Federal havia conseguido parte de seu aumento para 2007. Não é que os colegas estavam certos?! Percebi que estava confiando na fonte errada. Cheguei à conclusão de que deveria ter estado em greve desde o início.

Conversei com um colega que estava em greve e manifestei meu receio em aderir tão tarde ao movimento, mas ele disse que eu era bem-vindo e que seria muito importante aumentar a greve exatamente naquele momento.

Entrei em greve e fiquei em paz com a minha consciência. Estava sendo terrível ver meus colegas mobilizados, tendo seus dias descontados, enquanto eu, tranqüila e confortavelmente, apenas esperava pelo aumento.

[[[[[]]]]]

Colegas, este relato foi elaborado por alguém que já estava em greve. Na verdade, contém os dizeres que todos queremos ouvir daqueles que ainda continuam em seus postos de trabalho. Temos a certeza de que muitos desses colegas hesitam em nos apoiar devido apenas ao receio de estarem fazendo a coisa errada. E para aqueles que ainda estão em dúvida, saibam que são bem-vindos. Estamos "esperando" a assinatura de vários de vocês neste relato:

 

  1. ……………………………………………………
  2. ……………………………………………………
  3. ……………………………………………………
  4. ……………………………………………………

          

Conselho Regional do Sinal-SP

 

O MOVIMENTO EM SÃO PAULO

A greve em São Paulo está com adesão de 83%. Com a presença de 163 colegas, conforme a lista de presença, a assembléia de São Paulo, realizada nesta segunda-feira, dia 28/05, aprovou as seguintes propostas:

1)    Manter a greve com avaliação diária. A aprovação foi por ampla maioria, com 157 votos a favor, 1 voto contra e 5 abstenções;

2)    Rejeitar desconto de dias de greve. A aprovação foi por unanimidade;

3)    Exigir tramitação via Medida Provisória. A aprovação foi por ampla maioria, com 160 votos a favor, nenhum voto contra e 3 abstenções;

4)    Não discutir nesta assembléia a tabela relativa à contraproposta apresentada pelos sindicalistas na Mesa de Negociação. A aprovação foi por 124 votos a favor, 24 votos contra e 15 abstenções;

5)    Ratificar a contraproposta dos sindicalistas com relação apenas aos prazos [primeira parcela em agosto de 2007 e a segunda em janeiro de 2008]. A aprovação foi por 157 votos a favor dos prazos, 2 votos contra e 4 abstenções.

Fotos: clique em [ 1 ] e [ 2 ]

 

SAIU NA IMPRENSA

À espera do Copom, mercado mira BC e Congresso Nacional

28/05 – 08:30 – Reuters

Por Angela Bittencourt SÃO PAULO (Reuters) – Caberá ao governo um esforço concentrado para evitar turbulência no mercado financeiro na virada de maio para junho.

A expectativa é de uma atuação enxuta e dirigida a dois alvos: o Banco Central e o Congresso Nacional.

A greve dos funcionários do BC completará um mês na quinta-feira. As operações de mercado aberto e gerenciamento das reservas internacionais þuessenciais para o funcionamento do sistema financeiroþu não foram interrompidas. Mas informações usadas como bússola pelas instituições estão desatualizadas há semanas, desorientando alguns segmentos de negociação.

Falta de referência sobre as compras de dólares pelo BC e o fluxo de capitais do país traz inquietação e o clima poderá azedar de vez caso o BC adie a divulgação do resultado consolidado das contas públicas, … [para ler o texto integral, clique aqui] 

 

ENQUANTO ISSO …

Enquanto o nosso movimento se refere à campanha salarial de 2005, ainda não resolvida, os auditores fiscais já estão pensando na campanha salarial de 2007, conforme manifesto abaixo, do Unafisco-SP, parcialmente reproduzido.

Manifesto pela mobilização

… Colegas de todo o Brasil, durante as negociações da campanha salarial de 2006 foi afirmado pelo secretário da então Receita Federal que receberíamos reajuste, no mínimo, equivalente ao concedido à Polícia Federal. Lembrando este compromisso e considerando que:

  • A atual remuneração não condiz com a complexidade e atribuições do cargo que ocupamos;
  • Que não aceitaremos a transferência ilegal de nossas atribuições, nem a transformação da condição de Autoridade Administrativa a simples "mão-de-obra fiscal", ao arrepio de Leis, do CTN e da Constituição;
  • Que na última campanha salarial realizada em 2006 não foi atingido o patamar remuneratório constante do plano de carreira já aprovado pela categoria;
  • Que outras categorias do Poder Executivo Federal, como a Advocacia Geral da União e a Polícia Federal, tiveram recentemente acordos de reajustes firmados com o governo, garantindo inclusive reajustes salariais para os anos seguintes;
  • E que, ao se confirmar o cumprimento dos referidos acordos, nossa remuneração ficará bem aquém das de outras categorias típicas de Estado, algo inadmissível, dada a extrema importância das funções que exercemos.

… É preciso estar claro que pretendemos não mais reposição de perdas, mas o alcance de um novo patamar salarial… (*)

São Paulo, 15 de maio de 2007.

[[[[[]]]]]

(*)  Pauta de Reivindicação dos auditores-fiscais da Receita Federal – arquivo em PDF: clique aqui

 

REDE CONVENIADA DE DESCONTOS

Ingressos de Cinema:

Unibanco Arteplex SP – Dispomos de convites pelo preço de R$ 9,00, com prazo de validade até 23/08/07. O convite deve ser trocado por ingresso na bilheteria dos cinemas, no Shopping Frei Caneca – Rua Frei Caneca. 569, 3º piso. Consulte aqui a programação.

Rede CinemarkRede Cinemark – Não dispomos de convites, no momento.

 

 

SINAL – Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central

Rua Peixoto Gomide, 211 – São Paulo (SP) – Cep 01409-001

Tel/Fax: 3159-0252 / e-mail: sinalsp@sinal.org.br

 

Edições Anteriores RSS