Edição 60 - 30/05/2007

MEIRELLES, OMISSÃO TOTAL

MEIRELLES, OMISSÃO TOTAL

O Presidente do Banco Central "preocupado" com a nossa greve declarou ontem à noite que não é o negociador, pois como todos sabem, a tarefa cabe ao Ministério do Planejamento.

E mais, tem um compromisso inadiável fora do país, mas "aconteça o que acontecer até sexta-feira" poderá receber os sindicatos na próxima segunda-feira, pois estará em São Paulo.

Inadiável, Sr. Meirelles, é o compromisso que, o senhor como Presidente do Banco Central e com status de Ministro de Estado, deveria assumir na intermediação com o Presidente da República e com o Ministro do Planejamento buscando uma solução para nossas reivindicações e para o fim da greve.

Essa intermediação feita pelo Ministro da Justiça junto ao Presidente da República e o Ministro Paulo Bernardo, na manhã da última quinta-feira, é que resultou no fechamento do acordo entre a Polícia Federal (subordinada diretamente a ele) e a mesa de negociação do MPOG.

Ontem, o SINAL trabalhou o dia todo no Congresso Nacional procurando abrir novas interlocuções através de uma frente parlamentar suprapartidária. Alguns parlamentares se dispuseram prontamente a intervir no processo. Vamos aguardar!

Hoje, diante da omissão do nosso Presidente, os trabalhos continuarão no Congresso dando prosseguimento ao esforço concentrado iniciado ontem.

Assembléia – Hoje

14h30m – Saguão da ADRJA

Edições Anteriores RSS