Edição 77 - 26/06/2012

Paralisação nessa 5ª.f(28.6) terá palestra sobre cenário econômico e peça de teatro

Não aceitamos 0% de reajuste

Todas as regionais do BCB (com exceção de Salvador) programaram para dia 28.6 paralisações por 24 horas de suas atividades, em protesto contra essa proposta absurda. A SUSEP em assembleia realizada ontem confirmou a sua participação na paralisação.
Em BSB está previsto um grande ato, com deslocamento para a manifestação que ocorrerá na porta do Ministério do Planejamento, às 14h.
Desde o último reajuste, em 2008, já perdemos cerca de 23% corroídos pela inflação, sem falarmos no necessário nivelamento as demais carreiras de Estado .
Nossa programação para 5ª. feira.
Pela manhã
– Informes atualizados sobre a campanha salarial
– Apresentação da peça “Assedio Moral – Uma comédia”
com o Núcleo de Teatro do Sindjustiça
– Atividades de recreação

A tarde
14h – Palestra com o economista Adhemar Mineiro
15h30m – Assembleia

Tema da palestra: As duas faces do governo
Na Rio+20 defende o crescimento para enfrentar os desdobramentos da crise externa,
mas na Mesa de Negociações propõe reajuste 0% para o funcionalismo federal.
Quem é o nosso palestrante
Adhemar S. Mineiro, 49 anos, é economista formado na UFRJ em 1984, com especialização em Teoria Econômica na UNICAMP. Trabalha desde 1992 no DIEESE (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-Econômicos).
Participou como observador em algumas delegações oficiais brasileiras que negociam acordos, como as da ALCA e OMC, desde o segundo semestre de 2003, acompanhando também as discussões sobre o G20, BRICS e BASIC. A partir de 2010, é também assessor econômico da CSA (Confederação Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras das Américas).
Foi membro da direção do Instituto de Economistas do RJ (IERJ), Presidente do Conselho Regional de Economistas do Rio de Janeiro (1997-1998) e conselheiro do Conselho Federal de Economia (COFECON), entre 1999 e 2001, onde coordenou o grupo de trabalho de relações internacionais. Foi também presidente da Associação de Economistas da América Latina e Caribe (AEALC).
A nossa única opção é ampliar a mobilização!
 

Edições Anteriores RSS