Edição 91 - 16/07/2012

Determinação dos professores é recompensada

Matéria publicada no Globo.com por Gerson Camarotti – sex, 13/07/12

Governo faz proposta definitiva de até 45% para professores universitários

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, apresenta neste momento uma proposta definitiva de aumento para professores universitários e de escolas técnicas de aumento dos salários de até 45% em três anos. O reajuste terá um impacto no orçamento da União de R$ 3,9 bilhões.

Participam da reunião com os representantes dos sindicatos a ministra Miriam Belchior e o ministro da Educação, Aloísio Mercadante. O movimento grevista nas federais, em alguns estados, dura cerca de dois meses.

A proposta do governo tem como critério o estímulo à dedicação exclusiva e a produção acadêmica nas universidades e escolas técnicas. Por essa proposta, o salário de um professor universitário com doutorado e dedicação exclusiva vai passar dos atuais R$ 11.700 para R$ 17 mil até 2015. Será um reajuste de 45% em três anos.

Para professores com doutorado e pouco tempo de vida acadêmica, o reajuste será de 33%, passando dos atuais R$ 7.300 para R$ 10 mil. Pela proposta, haverá um estratégia de alongar a carreira do professor universitário com novas faixas salariais. Os professores com mestrados terão reajustes de entre 25% e 27%. Também será estimulada a titulação dos professores de escolas técnicas.

“Essa não é uma proposta para negociação. Essa é a proposta do governo para valorizar a educação”, disse Miriam Belchior ao Blog. Ela lembra, que os professores universitários já tiveram reajuste de 4% esse ano. “Os professores estão no topo da lista de prioridades. Mas houve precipitação dessa greve. Com essa proposta, o governo confia que atende as reivindicações da categoria”.

A ministra do Planejamento ressaltou ainda que é preciso fazer uma proposta realista para as contas públicas num momento de crise financeira internacional. Sobre as reivindicações das demais categorias, ela é cautelosa. “Nós não temos carreiras com perda salarial. Agora, estamos fazendo as contas para fazer uma proposta responsável. É preciso ver o que é possível para 2013”, ressalta Miriam Belchior.


Assembleia Geral Nacional, 5ª.f – 19.7 – 14h
Ampliar a mobilização e exigir nossos direitos

 


 


Todas as 3as feiras, Dr. Julio atende os filiados na sede do SINAL-RJ
Informações sobre
 

– Orientação médica 24 horas prestada pelo PASBC
– Atendimento de urgência e emergência domiciliar
– Doenças Crônicas: PADC (Programa de Acompanhamento de Doenças

Crônicas) em implementação
– Remoção hospitalar
– Ressarcimento de despesas médicas

Quem nunca teve uma emergência médica e necessitou de uma orientação sobre como utilizar, da melhor forma possível, a rede de conveniados do nosso programa de saúde?

O Dr. Julio Caldas, consultor de saúde do SINAL-RJ, atende pessoalmente, todas às 3as feiras, das 13 às 17 horas, na sede do sindicato, e, via telefone, pelo Disque Saúde Sinal, diariamente (de domingo a domingo) das 8 às 20h. Esses serviços são exclusivos dos filiados ao SINAL-RJ.

Ligue para o SINAL-RJ (3184-3500) e marque uma consulta.

Edições Anteriores RSS