Edição 56 - 25/07/2012

SINAL-SP INFORMA nº 56, de 15.7.12: Assembleia dia 26.7, em São Paulo / Saiu na imprensa / Contas do sindicato / Rede conveniada de descontos

 

SINAL-SP INFORMA

     São Paulo, 25 de julho de 2012 – nº 56

Filie-se ao SINAL: amplie o poder de representatividade da nossa categoria! Clique AQUI

.

Nesta edição:

·     Assembleia dia 26/7, em São Paulo

·     Saiu na imprensa

·     Contas do sindicato

·     Rede conveniada de descontos

 

CORROSÔMETRO SALARIAL

23,01 %

(IPCA) *

de julho 2008 a junho 2012

 

* fonte: BCB – Calculadora do Cidadão > Correção de valores 

.

ASSEMBLEIA NESTA QUINTA-FEIRA, 26/7

Nesta quinta-feira, dia 26/7, conforme anunciado*, seguindo a agenda da União das Entidades Representativas das Carreiras de Estado, haverá assembleia nas regionais do Banco Central e mobilização conjunta em frente ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), com vistas a pressionar o governo a conceder reajuste salarial às categorias, em 2013.

Em São Paulo, a assembleia será realizada às 14h, no pátio externo, em frente ao prédio do BC.

Na oportunidade, contaremos com a presença de Antônio Augusto de Queiroz (Toninho), do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP). Convidado pelo Sinal-SP, Toninho fará uma análise da conjuntura da negociação salarial com o governo.  

Toninho (foto: Unafisco Sindical)

Participe!

* (boletim Sinal-SP Informa nº 55, de 23/7/12)

.

SAIU NA IMPRENSA

De braços cruzados

Brasília-DF – Luiz Carlos Azedo

Correio Braziliense – 24/07/2012

A relação da presidente Dilma Rousseff com os servidores públicos federais é como um cristal trincado. Pode até não se estilhaçar, mas não tem conserto. É mais uma daquelas situações em que a sucessora do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao contrário do seu padrinho político, é obrigada a fazer escolhas: com o cobertor curto, ou amplia o gasto público com as atividades fins ou investe esse dinheiro na área meio.

A fase de investimento na área meio, que tinha como discurso reconstruir o Estado, chegou ao fim. Para resgatar o papel do Estado como indutor do crescimento, o governo agora precisa investir em infraestrutura, além de exercer o papel de provedor das parcelas mais pobres da população. Vem daí a queda de braços da presidente da República com os servidores federais.

A outra face dessa contradição é uma guinada na orientação da CUT, que vinha sendo uma espécie de amortecedor entre as demandas dos servidores públicos e governo. Pressionados pela própria base e por outros atores políticos do movimento social, como o PSol e o PSTU, os sindicalistas do PT resolveram aderir às greves que tomaram conta da administração federal a partir das universidades.

A escolha Dilma Rousseff fez a escolha de Sofia: entre o aumento salarial dos servidores federais e a garantia de emprego para os trabalhadores do setor privado, optou pela maioria, ainda mais porque os rendimentos no setor público são mais altos.

O confronto

Trata-se de velho conflito distributivo num cenário de restrições econômicas. O problema é que os servidores federais, ao longo de décadas, viveram situações semelhantes sem o castigo dos descontos dos dias parados. Demissões, como acontecem no setor privado, jamais foram cogitadas pelo governo. Mesmo assim, o jogo duro de Dilma pode resultar no cristal estilhaçado.

Em greve

Os professores federais em greve recusaram ontem a proposta de acordo do Ministério do Planejamento e decidiram manter a greve da categoria. O governo propôs um reajuste salarial de até 45%.

Eleitos

O Planalto pretende aumentar os salários dos professores universitários e dos militares de baixa patente, que estão insatisfeitos. A Receita e a Polícia Federal, órgãos de coerção do Estado, também terão aumentos diferenciados. O governo baterá o martelo até o dia 31.

fonte: ASSECOR

[[]]

Ato público no dia 26 servirá de novo alerta para o Governo

Aline Matheus

Ter, 24 de Julho de 2012 17:51

As entidades que integram a Campanha Conjunta e as representativas dos servidores da segurança pública federal e do Distrito Federal se reuniram na terça-feira (24/7) para finalizar os preparativos para o ato conjunto marcado para esta quinta-feira (26/7).

As entidades que integram a Campanha Conjunta e as representativas dos servidores da segurança pública federal e do Distrito Federal se reuniram na terça-feira (24/7) para finalizar os preparativos para o ato conjunto marcado para esta quinta-feira (26/7).

A mobilização tem como objetivo pressionar o Governo a negociar efetivamente com as entidades, apresentando uma proposta concreta à pauta reivindicatória das categorias. Vale ressaltar que o dia 31 de julho é a data marcada pelo próprio Governo para apresentar uma proposta. Logo, o ato servirá como alerta sobre a mobilização dos servidores que poderá se intensificar, dependendo da resposta apresentada no dia 31.

Diante disso, as entidades se reunirão em frente ao bloco K do Ministério do Planejamento, na Esplanada dos Ministérios, às 16h. O Sindifisco convoca os Auditores-Fiscais lotados em Brasília para reforçar o movimento, marcando presença na manifestação. Só demonstrando força e unidade, os trabalhadores do setor público podem obter êxito nos pleitos.

Boletim Informativo – Ano III Nº 710, 25/7/2012

Fonte: Unafisco Sindical

.

CONTAS DO SINDICATO

Lembramos aos filiados que os balancetes da regional São Paulo são publicados mensalmente no sítio do Sinal na área de acesso exclusivo. O último publicado se refere ao mês de junho/2012. Ali os filiados poderão consultar também as atas do Conselho Regional e do Conselho Nacional. Os arquivos estão no formato PDF.

.

REDE CONVENIADA DE DESCONTOS

Clique aqui para acessar a lista completa dos conveniados.

Leve sempre consigo a carteirinha do Sinal para desfrutar dos descontos oferecidos pelas empresas conveniadas.

O Conservatório & Faculdade Souza Lima, que oferece desconto de 50% no valor da matrícula e descontos por pontualidade no pagamento, anuncia a criação de sítio na internet (SL Rádio) para compartilhamento e distribuição de obras dos compositores e intérpretes de todo o Brasil. Além de programação ao vivo, acervo de áudio etc., nesse espaço cada músico tem sua página social para administrar álbuns, vídeos, release, agenda de shows e o que mais achar relevante. Clique aqui.

[[]]

Confira o convênio com academias:

Bioritmo

Competition Academia

Curves

Espaço Bios – Atividade Física e Saúde

One Way Academia

Studio de Dança Gloria Ibarra

–  Siga no Twitter as últimas notícias do Sinal-SP  –

.

SINAL – Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central

Av. Paulista, 1754 – 14º andar – cjs. 141/144

 São Paulo SP –  CEP 01310-920 /   (11) 3159-0252

sinalsp@sinal.org.br  /  link para SINAL-SP: clique AQUI

 

Edições Anteriores RSS