Edição 1070 – 08/11/2019

SINAL EM AÇÃO


SINAL EM AÇÃO

Com toda essa enxurrada de medidas que ameaçam os servidores do Banco Central, o Sinal tem tido uma responsabilidade de se manter em constante movimento. Fique por dentro das últimas ações:

Juntos somos mais fortes

Em meio a tantos ataques, um respiro: depois de mais de 500 servidores se reunirem em vigília na sede Banco Central e por videoconferência (regionais), o presidente da instituição, Roberto Campos Neto, garantiu que a PEC da Reforma Administrativa não incluirá o BC no carreirão do Executivo. A mobilização foi organizada pelo Sinal/DF e pela Associação Nacional dos Analistas do Banco Central do Brasil (ANBCB), o ato contou com a participação também do SintBacen. Contudo, o Sinal continua em alerta.

Sinal no Ministério da Economia

A ação também rendeu uma abertura no Ministério da Economia com o Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Antonio Spencer Uebel, que agendou encontro para tratar da PEC entre outros temas O encontro foi uma iniciativa do presidente do Sinal Nacional, Paulo Lino.

Aumento no PASBC?

Em reunião do Conselho Nacional do Sinal, nesta sexta-feira (8/11), na qual se tratou do PASBC, foi solicitado ao Depes que adie o aumento no Programa previsto para janeiro. O tema será levado pelo Depes à avaliação da diretora de Administração e, na sequência, da Diretoria Colegiada do BC.

Autonomia já

A prioridade zero é garantir a autonomia do BC. O Sinal está trabalhando junto ao Congresso para melhorar o Projeto de Lei Complementar 112/2019, que define os objetivos do Banco Central e dispõe sobre a autonomia técnica, operacional, administrativa e financeira da autarquia e sobre os mandatos dos seus dirigentes. O Sinal está acompanhando de perto a tramitação dessa proposta no Congresso Nacional e subsidiando os parlamentares para que a autonomia seja realmente alcançada em todos os níveis.

COAF

Outro tema essencial para o sindicato é o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras). O Sinal também trabalhou exaustivamente esta semana junto ao Congresso para que a matéria tenha as emendas devidas. O Coaf foi transferido para o Banco Central por meio da Medida Provisória 893 de 19 de agosto deste ano. Recentemente a MP virou Projeto de Lei de Conversão (PLV) 27/2019 e aguarda encaminhamento para a Câmara para votação.

Vencendo batalhas. Mirando no fim da guerra

O enfrentamento não para. O Conselho Nacional do Sinal se reúne nesta sexta (8) e sábado (9) para alinhamento, discussão e proposição de estratégias para continuar combatendo às medidas que ameaçam não só a autonomia do Banco Central, mas também toda a história do da instituição. O momento é crítico e a atuação do sindicato é necessária e constante. Em breve o Sinal contará novamente com a mobilização dos servidores para juntos garantirem a excelência do seu corpo, independência da sua atuação e manutenção de seus direitos.

Andréia Medeiros
Presidente do Conselho Regional
Seção Regional Brasília

1.313 FILIADOS EM BRASÍLIA

Edições Anteriores