Edição 110 – 3/7/2020

“Por que não é uma boa ideia financiar a prorrogação do auxílio emergencial com corte de salários de servidores públicos?”


Na quinta das nove razões contra o corte de salários dos servidores, o economista Bráulio Cerqueira observa que não há restrição para o aumento do gasto público neste ano. Confira abaixo:

5. Também não há restrição econômica ao aumento do gasto público este ano

Não há restrição econômica porque o aumento das despesas do governo, dada a profundidade da recessão econômica, não gerará inflação. As expectativas de mercado em junho compiladas pelo Banco Central apontavam inflação de 1,6% para 2020 e de 3,0% no ano que vem, recordes históricos de baixa.

Do lado das contas externas do país também não há restrição econômica de curto prazo. As taxas de juros internacionais estão em níveis mínimos. Com a injeção de liquidez dos bancos centrais nos países ricos, há abundância de capitais externos. A queda das exportações provocada pela recessão global foi acompanhada por redução de importações. Além disso, o país conta com mais de US$ 300 bilhões de reservas internacionais, um seguro contra turbulências.

A publicação é tema de campanha nas mídias sociais. Acompanhe pelo Facebook e pelo Instagram.

Veja o documento na íntegra.

Edições Anteriores