Edição 55 - 23/05/2007

Esses caras não se emendam

Durante a tarde de ontem, os representantes do SINAL e demais entidades sindicais estiveram no Banco Central onde mantiveram reunião com o Diretor Gustavo. Ao final da tarde todos se encaminharam ao Ministério do Planejamento onde seria realizada mais uma rodada da Mesa de Negociação, quando foram informados que a reunião foi transferida para hoje, às 11 horas. Realmente, esses caras não se emendam.

Dias parados

Falta moral aos representantes do governo para falar em desconto, pois todos sabem que fomos levados a essa situação pela incompetência governamental, que em abril prometeu uma negociação rápida com a apresentação de uma proposta "sem gorduras", mas ao final, a própria realidade se incumbiu de desmascará-los, pois a cada semana a proposta era modificada.

O governo sabia desde o início que seu limite era esse que nos será apresentado daqui a pouco. Então porque ficou enrolando, nos obrigando a pressioná-lo para conseguirmos aquilo que ele já sabia que podia nos dar?

A responsabilidade por essa greve e pelos dias parados pertence à "esperteza palaciana", que no ano passado tentou nos dar um golpe e agora tentou novamente nos empurrar com a barriga. Essa conta não é nossa.

E quando voltarmos, o trabalho sob nossa responsabilidade acumulado nesse período já estará feito, ou nósé que teremos que colocá-lo em dia? Então, não há que se falar em desconto de dias parados. Isso tem que ficar bem claro na reunião de logo mais.

Assembléia, a partir das 14h30

Edições Anteriores RSS