Clique no título para ler as matérias na íntegra

Edição 223 - 05.02..2024

ATO NACIONAL DO SINAL PELA VALORIZAÇÃO DE NOSSA CARREIRA!

Dia 08.02.2024, próxima quinta-feira, das 10h às 12h, na porta do Edifício Sede do Banco no Rio de Janeiro (Av. Presidente Vargas, 730 - Centro). Compareça! Participe!


Edição 222 - 01.02..2024

A VITROLA DE RCN

Em tempos de redes sociais polarizadas e de exaltação do próprio umbigo no Instagram, esse tipo de assunto não dá muita audiência, mas é nossa obrigação como Servidores Públicos, e, principalmente, como um Sindicato de Servidores Públicos, colocar o “dedo na ferida” da PEC 65. Toda a autonomia que lá está pode perfeitamente ser obtida sem a necessidade da transformação da nossa Autarquia em um “penduricalho” do mercado financeiro. Então, por que está lá? Porquê é isso que importa para o "mercado". O resto é simplesmente a “cenoura na ponta da vara".


Edição 221 - 24.01.2024

VIVA O DIA NACIONAL DOS APOSENTADOS!

Direito ao Subsídio, mantido e respeitado o seu poder de compra; Direito à Saúde, com um PASBC de qualidade que possa fornecer integridade física e mental; e Direito à Cidadania, para que não sejam submetidos ao Bullying que se caracteriza pelo desprezo ao envelhecimento.


Edição 220 - 18.01.2024

CINCO CERTEZAS SOBRE A PEC-65 

1 - A PEC-65 acaba com a estabilidade dos servidores do Banco?  Sim. Ao preconizar que a nova entidade será uma empresa pública, com a nova carreira obedecendo ao regime celetista, cai a garantia constitucional de estabilidade. A criação ou não de alguma outra forma estatutária de estabilidade em Lei Complementar passa a ser apenas uma hipótese.


Edição 219 - 08.01.2024

Edição 218 - 29.12.2023

Edição 217 - 28.12.2023

AONDE FOI PARAR O NOSSO REAJUSTE? FOI “CONVOCADO”!

O que fazer diante de mais essa humilhação? Ficar calado? É claro que não. Mas quem vai à guerra sem artilharia pesada e sem estratégia sobre o que fazer, acaba no túmulo do "soldado desconhecido". O atual Estado de Greve de nossa Categoria deve fazer-nos questionar que atitudes podemos de fato tomar.


Edição 214 - 18.12.2023

PEC 65: UMA VISÃO JURÍDICA

Essa é uma PEC que incorpora um determinado modelo de pensamento, ao qual parece se afiliar Roberto Campos Neto, por exemplo. A ideia de Banco Central presente em tal modelo é a de uma instituição que funciona  como uma empresa do mercado financeiro, com total liberdade de “contratar” nesse segmento os indivíduos que tomarão as decisões regulatórias sobre esse mesmo mercado financeiro. Postos comissionados podem, nesse modelo, ser objeto de disputa política, conforme a sua importância, ou seja, entrarão na “barganha” de cargos que todos conhecemos no Congresso Nacional. E os novos funcionários celetistas? Ou se enquadram ou, sem estabilidade, colocam o seu cargo em risco. Presente de grego é uma expressão popular usada para representar o recebimento de algum presente ou dádiva que traz mais problemas para quem a recebeu, ao contrário do que era esperado. Queremos solução para a assimetria salarial, mas não queremos receber o cavalo de tróia da PEC 65 junto!


<< Anterior | 12345678 910111213141516171819 | Próxima >>