Clique no título para ler as matérias na íntegra

Edição 202 - 26.10.2023

O QUE JÁ ACONTECEU NO MÊS DO SERVIDOR PÚBLICO E DOS 35 ANOS DO SINAL

NO SINAL-RJ, OUTUBRO É O MÊS DO SERVIDOR PÚBLICO, DO DIA DO APOSENTADO DO BANCO CENTRAL E DOS 35 ANOS DO SINAL.


Edição 201 - 20.10.2023

O QUE JÁ ACONTECEU NO MÊS DO SERVIDOR PÚBLICO E DOS 35 ANOS DO SINAL

NO SINAL-RJ, OUTUBRO É O MÊS DO SERVIDOR PÚBLICO, DO DIA DO APOSENTADO DO BANCO CENTRAL E DOS 35 ANOS DO SINAL


Edição 200 - 19.10.2023

OLHANDO PARA O HORIZONTE: O DESAFIO SINDICAL

Devemos estar atentos ao tratamento que será dispensado à Receita e às peculiaridades da esperada regulamentação, mas com um olho na reforma administrativa e na capacidade de mobilização da Categoria dentro de um regime de teletrabalho. Em 2024 irá surgir a chance de se realizar um trabalho de aproximação com a nova presidência do Banco e de maior explicitação da imperativa necessidade de um novo espaço para a Carreira de nossa instituição.


Edição 199 - 18.10.2023

OLHANDO PARA O HORIZONTE: A CONJUNTURA POLÍTICA

O Ministério da Gestão, responsável por todas as mesas de negociação, geral e especificas, não tem alçada para fechar acordos que impliquem aumento de gastos. Seu objetivo é ouvir demandas, identificar gargalos e reconstituir certo equilíbrio para carreiras que considera "chave" para o desempenho do governo.


Edição 198 - 17.10.2023

OLHANDO PARA O HORIZONTE: CONJUNTURA ECONÔMICA

VISANDO CONTRIBUIR PARA QUE OS SONHOS DE NOSSA CATEGORIA NÃO SE TRANSFORMEM EM PESADELOS - POR INSUFICIENTE TROCA DE IDEIAS A RESPEITO DO "QUANDO" E DO "COMO" SONHAR -, O SINAL-RJ INICIA HOJE A PUBLICAÇÃO DE TRÊS EDIÇÕES DO APITO CARIOCA.


Edição 197 - 11.10.2023

O QUE JÁ ACONTECEU NO MÊS DO SERVIDOR PÚBLICO E DOS 35 ANOS DO SINAL

O QUE JÁ ACONTECEU NO MÊS DO SERVIDOR PÚBLICO E DOS 35 ANOS DO SINAL


Edição 196 - 05.10.2023

SINAL-RJ, PRESENTE!

ATO DA CAMPANHA SALARIAL UNIFICADA FONACATE-FONASEFE, 03.10.2023, CANDELÁRIA


Edição 194 - 03.10.2023

HOJE, 15H: ATO DA CAMPANHA SALARIAL UNIFICADA FONACATE-FONASEFE

HOJE, 15H: ATO DA CAMPANHA SALARIAL UNIFICADA FONACATE-FONASEFE


Edição 193 - 13.09.2023

CARTÃO DE CRÉDITO: EXTORSÃO “À BRASILEIRA”

As administradoras liberam cartões quase que indiscriminadamente, não é raro encontrarmos pessoas sem renda obterem 3 ou 4 cartões.
O motivo de tanta generosidade é simples: trata-se da categoria de crédito mais cara do país, com juros que, em média, chegaram a 445,7% ao ano no mês de julho passado.
O resultado é mais do que óbvio: segundo dados do Banco Central, a inadimplência de operações com rotativo atingiu 49,5% em julho deste ano. São R$ 76 bilhões em dívidas no país.


<< Anterior | 345678910 1112131415161718192021 | Próxima >>