Edição 217 – 3/12/2021

PASBC e reajuste a celetistas também foram temas de reunião com a Dirad


Conforme noticiado na edição desta quinta-feira, 2 de dezembro, do Apito Brasil, o Sinal se reuniu com a Diretora de Administração, Carolina Barros, o chefe do Departamento de Gestão de Pessoas, Educação, Saúde e Organização (Depes), Marcelo Cota, e com o representante da Procuradoria-Geral do Banco Central, Flávio Roman. Além das questões referentes aos 28,86% e ao reajuste salarial, destacadas na publicação anterior (saiba mais aqui), o Sindicato levou à reunião outras demandas da categoria.

Um dos pontos abordados foi o Programa de Assistência à Saúde dos Servidores do Banco Central (PASBC). O Sinal reiterou, oficialmente, a solicitação ao Depes – o que já havia sido feito informalmente – por um encontro específico para a discussão de medidas com vistas ao aprimoramento do Programa. O Sindicato promove reuniões mensais, abertas a servidores de todo o país, com o objetivo de levantar os principais pleitos e sugestões  em relação ao PASBC. O chefe do Depes concordou com o agendamento de reunião, que deve ocorrer nos próximos dias.

Ainda durante a videoconferência, o presidente nacional, Fábio Faiad, e a diretora Secretária nacional e presidente da seção regional do Sindicato em São Paulo, Maria Regina da Quinta e Silva, cobraram uma postura mais proativa da Diretoria do BC em relação ao reajuste dos celetistas reintegrados, que estão com os vencimentos congelados há décadas. A Diretora de Administração da Autarquia afirmou que concorda com a reivindicação, mas que a definição está a cargo do governo.

Edições Anteriores
Matéria anteriorPGBC rechaça acordo em relação aos 28,86%
Matéria seguinteSinal sugere debate sobre reajuste e valorização do serviço público na CMO