Clique no título para ler as matérias na íntegra

Edição 7 – 19/1/2022

Categoria atende ao chamado e promove dia de protesto pela reestruturação de carreira

Centenas de servidores do Banco Central do Brasil atenderam ao chamado e paralisaram as atividades, na manhã desta terça-feira, 18 de janeiro, para participar dos eventos do dia nacional de protesto pela reestruturação de carreira. Além da manifestação presencial na porta do edifício-sede do BC em Brasília, conferência virtual reuniu também o corpo funcional de outras praças. A mobilização teve grande repercussão na imprensa. Confira algumas das publicações na seção Sinal na Mídia. Segundo destacou ao Valor Econômico o presidente do Sinal, Fábio Faiad, a categoria segue à espera de uma resposta do presidente da Autarquia, Roberto Campos Neto, até


Edição 6 – 18/1/2022

É logo mais! Protestos pela reestruturação de carreira começam às 10h

É logo mais, às 10h! O Sinal convoca todos os servidores do Banco Central do Brasil para participarem das mobilizações desta terça-feira, 18 de janeiro, em defesa da reestruturação de carreira. Você, que é de Brasília, compareça à porta do edifício-sede da Autarquia para o ato de protesto. Para aqueles que estão nas demais praças, haverá atividade virtual (confira link abaixo). Os eventos de hoje dão continuidade à agenda de luta unificada, convocada pelo Sindicato, em parceria com o SinTBacen e a ANBCB. Além de integrar as atividades do dia, você também pode reforçar este movimento de valorização do corpo


Edição 5 – 17/1/2022

É amanhã! Participe da mobilização nacional pela reestruturação de carreira

É nesta terça-feira, 18 de janeiro, às 10h! Servidor do Banco Central, participe da mobilização em defesa da reestruturação de carreira. O dia nacional de protesto contará com manifestação em frente ao edifício-sede do BC em Brasília e atividade virtual. O engajamento de todos neste enfrentamento é fundamental, haja vista a relevância e a urgência da reinvindicação e a inércia que tem sido marcante no comportamento da Diretoria Colegiada da Autarquia em relação ao tema. Sobre o reajuste remuneratório, vale a pena destacar que, caso não haja uma recomposição neste ano, uma nova janela de oportunidade se dará apenas em


Edição 4 – 12/1/2022

FAQ: confira esclarecimentos sobre listas de entrega de comissões e de não-assunções do BC

Em face das dúvidas referentes às listas de entrega de funções comissionadas e substituições eventuais e de não-assunção das mesmas, que são parte da mobilização pela reestruturação de carreira, preparamos uma relação de respostas aos questionamentos mais frequentes. Confira no fim do texto. Sobre o movimento, é importante observar que, diferentemente da Receita Federal, onde já há uma minuta de decreto em discussão no governo, no Banco Central do Brasil, conforme noticiou a edição desta terça-feira, 11 de janeiro, do Apito Brasil (veja aqui), a Diretoria ainda não apresentou qualquer proposta concreta. Portanto, é importante somar adesões às listas nas


Edição 3 – 11/1/2022

Reestruturação de Carreira: inércia da Diretoria do BC enseja continuidade da mobilização

Representantes do Sinal, do SinTBacen e da ANBCB se reuniram há pouco com o presidente, Roberto Campos Neto, e com a diretora de Administração da Autarquia, Carolina Barros, para tratar da demanda pela reestruturação de carreira e da redução das assimetrias remuneratórias com o topo do Executivo. Os servidores iniciaram o encontro virtual destacando as perdas inflacionárias acumuladas nos últimos anos e os possíveis impactos para o BC de um tratamento diferenciado em relação a órgãos de semelhante importância para o Estado brasileiro, como a possibilidade de evasão de quadros. Ainda, reforçaram a necessidade de um movimento político por parte


Edição 2 – 6/1/2022

Nova revista digital: chegou a Sinalizando!

Chegou a Sinalizando, mais nova revista digital do Sindicato. A publicação, dedicada a abordar questões de interesse dos servidores do Banco Central, possui um layout que se adapta aos diferentes dispositivos, com menus interativos, de modo a facilitar a leitura e a navegação, mesmo em smartphones. O primeiro número da Sinalizando destaca a luta encampada pelo Sinal em defesa da reestruturação de carreira, com reajuste salarial para os servidores. A atuação no fim de 2021 e os novos passos da mobilização, como a lista de entrega de funções comissionadas e substituições eventuais (assine aqui), protagonizam a revista digital. O enfrentamento


Reajuste: em artigo, presidente do Sinal critica omissão do governo

Em artigo publicado pelo portal Poder 360 nesta quinta-feira, 6 de janeiro, o presidente nacional do Sinal, Fábio Faiad, fala da mobilização dos servidores do Banco Central em torno do reajuste remuneratório. No texto, Faiad aborda a falta de diálogo por parte do governo, a continuidade da luta e faz críticas à omissão do presidente do BC, Roberto Campos Neto, em relação às demandas da categoria. “Dentro do BC (Banco Central do Brasil), nós do Sinal (Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central) temos presenciado um clima de insatisfação generalizada e sem precedentes, reflexo da atitude omissa das instâncias decisórias


Alerta! Golpistas tentam se passar por funcionários do INSS

Fique atento. Golpistas estão ligando para aposentados e pensionistas do serviço público, se passando por funcionários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Na ligação, o criminoso informa diversos  dados pessoais do beneficiário e pede que seja enviada a foto de um documento para a realização da prova de vida. O INSS alerta que não faz contato telefônico referente a procedimento de prova de vida. A pasta, ainda, recomenda que, caso receba a ligação, o aposentado ou pensionista não forneça nenhuma informação e desligue o telefone imediatamente. Clique aqui para saber mais sobre a nova tentativa de golpe e repasse


Edição 1 – 3/1/2022

Lista de entrega de comissões e substituições já está disponível; luta seguirá com paralisação no próximo dia 18

Além de não nos atender no final do ano passado, quando sua atuação era fundamental para conseguirmos os recursos no Orçamento 2022 para nosso reajuste salarial, o Presidente do BC nos “presenteou” no dia 31/12/2021 com um e-mail de fim de ano no mínimo lamentável. Muitos elogios ao trabalho dos servidores (merecidos, é claro), mas nenhum comentário sobre as duas grandes assimetrias que o funcionalismo do BC sofre em sua gestão: 1. Os policiais federais e os servidores da Receita Federal terão reajuste salarial em 2022, aprofundando ainda mais as diferenças remuneratórias entre o BC e carreiras congêneres; e 2.


Edição 235 – 31/12/2021

Edição 234 – 29/12/2021

Sinal, SintBacen e ANBCB ampliam luta em defesa do reajuste

O Sinal, o Sindicato Nacional dos Técnicos do Banco Central (SinTBacen) e a Associação Nacional dos Analistas do Banco Central do Brasil (ANBCB) reforçam o pedido de preenchimento da lista de não-assunção de Funções Comissionadas, que faz parte da mobilização da classe em defesa do reajuste salarial. Saiba mais e assine o documento clicando aqui. E, nos próximos dias, terá início a lista de entrega de comissões, em protesto contra a falta de isonomia da política salarial do governo e a omissão da Diretoria do BC quanto à reivindicação da categoria. Já são muitos anos de arrocho remuneratório! Enquanto despesas


UFSB apoia vítimas das enchentes na Bahia; saiba como ajudar

Qualquer ajuda é bem-vinda. O Sinal apoia e divulga a ação SOS Sul da Bahia, de iniciativa da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que destina recursos para os desabrigados pelas enchentes que vêm afetando o estado. Confira os dados bancários para doação: Banco do Brasil Agência: 3832-6 Conta: 37.472-5 CNPJ: 14645162/0001-91 (Fapex) Para saber mais sobre esta e outras campanhas, acesse a página da UFSB no Instagram. Contribua e faça parte deste grande movimento de solidariedade.


Edição 233 – 24/12/2021

<< Anterior | 89101112131415 1617181920212223242526 | Próxima >>