Clique no título para ler as matérias na íntegra

Edição 27 – 16/2/2022

Começa às 16h30 AGN que decidirá sobre paralisação pela Reestruturação de Carreira, com reajuste salarial; participe

Começa às 16h30 de hoje, 16 de fevereiro, a Assembleia Geral Nacional (AGN) de servidores do BC que deliberará sobre indicativo do Conselho Nacional do SINAL de paralisação das atividades, por quatro horas, no próximo dia 24 de fevereiro, em defesa da Reestruturação de Carreira, com reajuste salarial. E você já pode se inscrever para participar da AGN virtual por meio do link abaixo, o mesmo que será utilizado para ingresso na Assembleia. https://us02web.zoom.us/meeting/register/tZMlcuyqpzktHNMFsHZYWQcg3RNhWCecR_KW Após a inscrição, você receberá um e-mail de confirmação, contendo informações sobre como entrar na reunião. Participe e ajude a definir os rumos de nossa mobilização.


Edição 26 – 15/2/2022

Ausência de proposta oficial do governo mostra que ainda precisamos avançar

Quem acompanha a mobilização dos servidores do BC nos últimos meses sabe que o atual cenário se resume a: consenso com a administração da Autarquia sobre quase que a totalidade da pauta não remuneratória, com diálogos permanentes no sentido de viabilizar as alterações legais; e indefinição no que se refere ao aspecto salarial, com proposta do Sinal de reajuste idêntico ao que deve ser concedido às carreiras da Polícia Federal. Sobre a questão remuneratória, há que se destacar o compromisso firmado pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, de, caso seja efetivada a recomposição na Polícia Federal, trabalhar para


Edição 25 – 14/2/2022

Reestruturação: AGN nesta quarta-feira, 16, debaterá e definirá continuidade da luta

Vamos à próxima etapa da mobilização em defesa da Reestruturação de Carreira, com reajuste salarial. Nesta quarta-feira, 16 de fevereiro, os servidores do Banco Central do Brasil debaterão e decidirão – por meio de Assembleia Geral Nacional (AGN) –  sobre indicativo do Conselho Nacional do SINAL de uma nova paralisação no próximo dia 24. Confira aqui o Edital de Convocação. A proposta de paralisação parcial conta com o apoio também do SinTBacen e da ANBCB. E a sua participação é imprescindível. Para que possamos seguir avançando em nossa luta, será cada vez mais importante o engajamento amplo da categoria. A


Edital de convocação

SINAL – SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS AUTÁRQUICOS NOS ENTES DE FORMULAÇÃO, PROMOÇÃO E FISCALIZAÇÃO DA POLÍTICA DA MOEDA E DO CRÉDITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL O presidente do Conselho Nacional do SINAL, no uso de suas atribuições, conforme previsto no Capítulo III, Seção II, art. 27, e Seção III, arts. 30, alínea “j”, e 31, alínea “c”, do Estatuto e no Capítulo IV, Seções II e III, do Regimento Interno, convoca a categoria para a Assembleia Geral Nacional (AGN), virtual, a realizar-se no dia 16 de fevereiro de 2022, às 16:30 horas, para deliberar sobre: 1. Informações


Edição 24 – 11/2/2022

Reestruturação: servidor ativo, já assinou a lista de não assunção de comissões?

O Sinal solicita o apoio de todos os servidores ativos, com vistas a uma adesão maciça à lista de não assunção de comissões e substituições. Já conseguimos mais de 50% das assinaturas, mas consideramos que tal número pode e deve aumentar. Esclarecemos a seguir algumas das dúvidas mais comuns sobre o tema, a fim de nivelarmos informações: 1. Qual o impacto do aumento de assinaturas à lista de não assunção? Quanto maior a adesão, maior a demonstração de unidade e melhor a divulgação do movimento na mídia. 2. A lista de não assunção é só para os não comissionados? Não.


Edição 23 – 10/2/2022

Paralisação demonstra disposição dos servidores do BC para manutenção da luta

Mais uma vez, os servidores do Banco Central do Brasil atenderam ao chamado e promoveram nova paralisação em defesa da Reestruturação de Carreira com reajuste salarial na manhã desta quarta-feira, 9 de fevereiro. Além de desligar os sistemas de trabalho, a categoria acompanhou atividade virtual (assista aqui) e enviou e-mails à administração do BC, cobrando providências necessárias ao atendimento do pleito. O SINAL parabeniza e agradece a todos os participantes da mobilização. Demos mais uma demonstração de nossa indignação e um novo e importante passo nesta luta. E agora, qual será o próximo passo? Uma vez que ainda não temos


Edição 22 – 9/2/2022

Pela reestruturação de carreira, com reajuste salarial, hoje é dia de paralisação; participe

Hoje é dia de paralisar os trabalhos para reivindicar a reestruturação de carreira, com reajuste salarial. Participe das atividades desta manhã e fortaleça o movimento pela valorização do corpo funcional do Banco Central do Brasil. Logo mais, às 8h, começa a atividade virtual, promovida pelo Sinal, o SinTBacen e a ANBCB, com transmissão pelo nosso canal no YouTube (youtube.com/apitotv). O evento ocorrerá até as 12h e, durante o período, recomendamos a todos que mantenham desligados o computador e todos os sistemas de trabalho. Aqueles que quiserem, podem acrescentar no Teams, no Outlook e em outros sistemas um aviso de “ausente


Edição 21 – 8/2/2022

Paralisação: É amanhã! Veja como participar

É amanhã! Conforme decisão de Assembleia Geral Nacional, os servidores do Banco Central do Brasil cruzarão os braços, por quatro horas, na manhã desta quarta-feira, 9 de fevereiro, em defesa da reestruturação de carreira, com reajuste salarial. Confira abaixo orientações sobre como participar do protesto. A mobilização contará com atividade virtual, organizada pelo SINAL, o SinTBacen e a ANBCB, a partir das 8h, transmitida pela página do Sindicato no YouTube (youtube.com/apitotv). Como participar: manter desligados o computador e todos os sistemas de trabalho das 8h às 12h e participar do evento virtual no mesmo período. Quem quiser, pode acrescentar no


Edição 20 – 7/2/2022

Relato da reunião de 3 de fevereiro com Campos Neto: considerações

Em face das eventuais dúvidas que tenham restado sobre a atuação dos representantes do Sinal na reunião (relembre aqui) com o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, na última quinta-feira, 3 de fevereiro, trazemos a seguir algumas considerações. Ainda, reforçamos a necessidade de que todos permaneçam atentos a expedientes que possam surgir nestes momentos decisivos visando desarticular nossa mobilização em defesa da reestruturação de carreira. Somente com união e engajamento amplo, conseguiremos o êxito desejado. 1. O Sinal recusou proposta de bônus ou algo similar durante a reunião? Mentira. Não houve a oficialização de uma proposta à


Nota Conjunta

O Sinal, a ANBCB e o SinTBacen vêm a público para afirmar que nenhuma proposta oficial de bônus ou incremento salarial diferenciado foi apresentada pela Dirad na reunião do dia 3/2/2022. Portanto, é completamente equivocado dizer que qualquer um dos integrantes das representações dos servidores do BC rejeitou alguma proposta dessa natureza. Repetimos: seria impossível alguém ter rejeitado alguma proposta de bônus ou incremento salarial diferenciado, pois nenhuma proposta oficial nesse sentido foi feita pela Dirad. Lamentamos os boatos e as informações incorretas que foram divulgadas contra alguns integrantes das entidades representativas dos servidores do BC. O fato é que


Edição 19 – 4/2/2022

Reestruturação: BC propõe avanços funcionais, mas sem reajuste salarial

De volta à mesa. Em reunião nesta quinta-feira, 3 de fevereiro, o Sinal, o SinTBacen e a ANBCB deram seguimento aos diálogos com o presidente, Roberto Campos Neto, e a diretora de Administração (Dirad) do Banco Central, Carolina Barros, e suas respectivas equipes, sobre a reestruturação de carreira. Conforme acordado anteriormente, a Autarquia apresentou uma proposta que, apesar dos avanços em questões funcionais, foi omissa quanto ao aspecto remuneratório. Questões não salariais Os representantes do BC se mostraram favoráveis a uma série de pontos levantados pelas entidades, dentre eles: a designação da carreira como essencial e exclusiva de Estado; nova


Edição 18 – 3/2/2022

Hora de aumentar a pressão à Diretoria do BC; integre esta mobilização

Precisamos recrudescer a luta pela reestruturação de carreira, com reajuste salarial. O chamado a uma mobilização contundente em defesa do pleito tem sido a tônica das nossas publicações desde as últimas semanas de 2021 e se mostrado a cada dia mais urgente e importante, diante da forma como vêm se manifestando os atores políticos sobre a questão. O mais recente deles foi o líder do governo na Câmara dos Deputados. Nesta quarta-feira, 2 de fevereiro, Ricardo Barros (PP/PR) afirmou que apenas áreas da segurança pública serão contempladas com um reajuste remuneratório neste ano, o que reforça a opção do Executivo


<< Anterior | 678910111213 1415161718192021222324 | Próxima >>